05 Dicas para se tornar um Nomade Digital

nômade digital: uma mulher de cabelo curto em um aeroporto com laptop no colo.
nômade digital: uma mulher de cabelo curto em um aeroporto com laptop no colo.

Muitas pessoas idealizam o estilo de vida do nômade digital, mas acredito que muitas delas que veem o glamour das imagens das postadas mídias sociais não imaginam o que de fato é ter uma vida nômade.

Por esse motivo, decidi escrever um pouco sobre esse assunto com o objetivo de desmistificar o tema e quem sabe te ajudar para se você se torne um nômade digital.

Agora vamos entender o que é ser um nômade e quais habilidades que você precisa para se tornar um.

O que é o nômade digital?

Assim, como o próprio nome diz, é a pessoa que não tem uma habitação fixa e vive se mudando de um lugar para outro, viajando pelo mundo a fora.

Agora, trazendo essa definição para os dias atuais, um nômade digital é aquele que usa a tecnologia para trabalhar de forma remota. Sem depender de um local fixo, enquanto viaja e conhece diversas cidades do mundo.

Mas para deixar claro, o trabalhador remoto não pode ser considerado como nômade. Ou seja, você pode realizar suas tarefas de forma online e não ser caracterizado como o tal. Isso porque o nômade não apenas não gosta de estar em uma localização física fixa, como também sente a necessidade de estar em movimento.

Hoje em dia tem se tornado bem comum a prática de largar o emprego tradicional e se aventurar em negócios online. Se você tem essa vontade de participar dessa onda, deixei por aqui 30 dias para fazer renda extra já para te tirar da sua zona de conforto.

Quem pode ser um nômade digital?

Ver a imagem de origem
nômade digital: um laptop e ao lado uma mochila de mochileiro

Um nômade digital costuma viajar constantemente, seja por um período curto ou longo, e principalmente sem deixar de ganhar dinheiro.

Existem diversos profissionais que já trabalham online. Pessoas como fotógrafos, produção de conteúdo, marketing digital, desenvolvedores de software, professores que dão aulas online, designer, produção de conteúdo. Todos esses trabalhos permitem perfeitamente trabalhar de forma remota sem prejeizo dos seus rendimentos mensais.

Mas, por vivermos em um mundo globalizado, onde as mídias digitais ganham cada vez mais força no mercado das grandes coorporações, se tornar um nômade digital é algo possível a todos. 

Vantagens de se tornar um Nômade Digital

Você já deve ter ouvido a história de alguém que largou seu emprego tradicional e optou por trabalhar de forma autônoma para seguir seu sonho de conhecer o mundo. Não precisar estar dentro de uma empresa para trabalhar é uma ideia que atrai a todos, porém isso requer coragem e muito planejamento.

Mas para quem tiver toda essa coragem de ter uma vida como nômade digital pode conquistar o direito de trabalhar de qualquer lugar sem se preocupar em ter que estar dentro de uma empresa a maior parte do dia.

Fazer seu próprio horário de acordo com seu gosto. Caso você goste de dormir até mais tarde ou acordar bem cedo, é só adequar seus horários aos seus costumes.

Conhecer pessoas e lugares diferentes. Este é um ótimo exercício para estimular a criatividade, além de nos enriquecer culturalmente. 

Ter um bom retorno financeiro conforme for ganhando experiência. Já que é você mesmo que vai cobrar pelos seus serviços, pode valorizar sua mão de obra. 

Desvantagens de se tornar um Nômade Digital

Um dos maiores pontos negativos é não possuir benefícios que algumas empresas oferecem, como plano de saúde, décimo terceiro, férias remuneradas, licença em casos de doença. 

Então, caso ocorra algum contratempo e você não consiga trabalhar por dias, isso acaba afetando diretamente no seu bolso. 

Outro ponto que precisa ser considerado é que você pode se sentir solitário algumas vezes, pois estará sempre se despedindo de lugares e pessoas para iniciar um novo ciclo.

Lembre-se também que você será responsável pela própria divulgação de seus serviços. Quando trabalhamos em uma empresa, geralmente ela se responsabiliza pela publicidade e propaganda dos serviços oferecidos. Já no trabalho autônomo isso fica completamente sob sua responsabilidade. Caso você não divulgue muito bem seu trabalho, a conquista de clientes diminui.

05 Dicas para se tornar um nômade digital

Dicas para se tornar um nômade digital
Dicas para se tornar um nômade digital

Já sabemos que qualquer pessoa pode se tornar um nômade digital. Já que com apenas um bom notebook em mãos e acesso a internet você já consegue pegar alguns trabalhos remotos para realizar. Engana-se quem pensa que precisa ser rico para ter um estilo de vida nômade basta se organizar financeiramente ter muita boa vontade. E claro, ter algumas precauções como vamos citar a seguir:

01# Saiba tudo sobre o nomadismo digital

Você já ouviu dizer que o conhecimento é a única coisa que ninguém te tira? Essa lição serve para tudo, mas vem bem a calhar quando falamos em fazer uma mudança tão grande como se tornar um nômade digital.

Imagine que você estará em um outro país e muito provavelmente sem pessoas conhecidas por perto. De fato, ninguém vai falar o seu idioma, e até mesmo não terá com quem contar.

Por esse motivo, quanto mais informações você tiver sobre o tema poderá te poupar de passar por grandes apertos.

Leia todo o material disponível, assista todos os vídeos disponíveis para tomar a sua decisão com mais tranquilidade e partir para esta experiência com mais garantia de sucesso.

02# Reflita no porque você quer se tornar um nômade digital

Às vezes você pode estar apenas desanimado com o seu trabalho atual e ao se deparar com uma vida de luxo repleta de paisagens vendida pelas redes sociais você pode achar que quer levar uma vida como nômade digital.

De repente, você pede demissão e sai pelo mundo afora. Mas chega um momento que você entende que essa vida não é para você.

Você tem saudades da sua família, não gosta de viajar e principalmente não tem nenhuma disciplina para trabalhar online. Muito menos quando se está a 5 minutos da praia.

Portanto, faça todas essas reflexões para entender se esse estilo de vida é o que realmente pode te fazer feliz.

03# Definir os seus locais de trabalhos

Gosta de realizar planos de viagens e sabe falar muitos idiomas? Esse é o momento para você aproveitar todos esses dons.

Pois, planejar a sua rota de trabalho misturado com turismo é um dos passos para que você possa aproveitar a sua viagem e entender como vai ser a sua vida enquanto estiver morando em determinada cidade do Brasil ou do mundo.

Por exemplo, você precisa saber se onde você terá acesso a internet, valores, qual idioma é falado. Se é possível trabalhar em cafés ou você deverá contratar um local com internet.

Todas essas informações são bastante necessárias quando você optar por levar uma vida como nômade.

04# Entenda se a sua Profissão cabe o Regime Online

Qualquer pessoa pode trabalhar online, mas antes de mais nada você precisa entender se a sua profissão e principalmente a sua empresa permitem que você possa trabalhar como sistema remoto.

Por vezes a sua profissão já ser exercida de forma remota, mas se esse não for o seu caso, talvez você terá que adaptar a sua profissão ou até mesmo incluir a hipótese de mudar a sua atividade remunerada.
Aqui eu fiz uma lista das principais atividades que você pode exercer como freelancer remotamente.

05# Entenda como Gerar Renda Online

Tenha em mente o quanto você ganha por mês e priorize as principais contas. Caso seja preciso, aumente a quantidade de trabalho para conseguir lidar com as despesas de maneira confortável. 

Como você já pode perceber, saber se organizar financeiramente é o ponto de partida para virar um nômade digital.

E gerar renda extra online é um dos grandes pulos do gato.

6# Leia Muito Sobre o Assunto

A primeira dica de livro é o “O incrível Manual Nômade Digital”. O livro é a trajetória de Mathes Souza. O autor conta toda a sua trajetória desde a sua vida glamurosa e até mesmo todas as suas principais dificuldades que ele enfrentou durante todo esse período vivendo como nômade digital.

A ideia central é que este livro sirva como guia para que você possa enfrentar e se planejar antecipadamente a todos os possíveis contratempos que você pode enfrentar ao se tornar um nômade digital.

Um dos principais nomes quando o assunto é nomadismo digital Matheus também é cofundador do Be freela, que é um portal que auxilia o trajeto de diversas pessoas que desejam seguir esse caminho.

Esse livro possui uma linguagem bem popular e de forma simples e direta conta como foi a sua vida fora dos escritórios.

Perengues, falta de grana, golpes e saudades dos familiares e amigo são temas que serão abordados e para aqueles que não conseguem viver longe dos seus pode ser um dos principais empecilhos.

É um livro que apesar de ser bem informal e sem nenhum embasamento teórico vale a leitura para aqueles que desejam se iniciar no tema.

10 Profissões para você se Tornar um Nômade Digital

1# Trabalho remoto

O trabalho remoto em geral é uma boa oportunidade para quem está procurando adotar o estilo de vida de um nômade digital. Pois você consegue entregar os seus projetos de qualquer local que tenha acesso a internet.

2# Produtor de conteúdo

Se você gosta de escrever e conhece bastante a língua portuguesa você sempre terá trabalho garantido como produtor de conteúdo.

Muita gente procura por esse tipo de serviço, desde pequenas empresas e até mesmo multinacionais. Aqui mesmo já falei sobre a profissão e também sobre sites que você pode dar os primeiros passos como produto de conteúdo.

3# Editor de vídeos

Caso você seja boa em edição de videos você pode começar a oferecer seus serviços para pequenas empresas e até mesmo para quem está começando no Youtube. Provavelmente, existem diversas pessoas que precisam do seu serviço e talvez você não saiba.

4# Fotógrafo

Como fotógrafo você pode cumprir a sua função de qualquer lugar do mundo. Basta ter uma câmera na mão, criatividade e começar a trabalhar.

Você pode tanto vender suas fotos de forma individual, como vendê-las para grandes bancos de imagens.

5# Gestor de mídias sociais

Com o marketing digital existem diversas possibilidades e a gestão de mídias sociais é apenas uma delas. Você pode se especializar em nicho e conquistar diversos clientes no mercado.

6# Tradutor

Você poderá trabalhar traduzindo qualquer tipo de material e esse trabalho também pode ser feito em qualquer local. Desde de que você tenha acesso a internet e um bom computador.

7# Desenvolvedor

De forma geral, a maioria dos profissionais de Tecnologia da Informação podem trabalhar de forma remota, pois eles possuem a facilidade de trabalhar apenas com códigos e facilmente é feito através de um notebook.

8# Assistente pessoal

Existem alguns sites que permitem que você trabalhe como assistente pessoal de forma remota. Como o próprio nome diz você poderá tanto organizar a agenda, marcar horários, encomendar coisas, delegar funções, assim como fazer o pagamento de contas para determinadas pessoas.

9# Professor

Dê aulas de qualquer lugar, aproveitando esses tempos de pandemia aprendemos a realizar quase todas as nossas atividade de forma online. E hoje, todos os cursos que faço são online, desde o inglês até mesmo as aulas de educação física.

Portanto, se você tem alguma coisa a ensinar, seja ela em formato curso ou monitoria pode ser uma excelente oportunidade para quem quer começar a vida como um nômade digital.

No começo não é fácil achar algo para ganhar a vida como nômade digital, o medo e a insegurança podem não deixá-lo seguir os próximos passos, mas lembre-se que todo caminhos no começo parece desafiador, mas como você pode ver por este artigo. Existe uma série de opções para quem tem interesse em levar uma vida trabalhando de forma remota.

E agora que você já sabe como começar, basta iniciar.

Inicie Sua Carreira como Nômade Digital

  • Comece a Economizar Dinheiro para realizar suas viagens, pois para viver como freelancer, sendo um nômade digital o ideal é que você tenha pelo menos uma ano das suas despesas em algum investimento que você possa pegar rapidamente caso necessário.
  • Finalize suas pendências o ideal é que você finalize todas as suas pendências para você não preciso nem se locomover de forma inesperada e nem que perca dinheiro com assinaturas que você não usa e está pagando a toa.
  • Encontre uma moradia adequada para que você não tenha que fazer tudo as pressas quando chegar neste novo pais.
  • Saiba o que fazer caso possua bens, por exemplo se você tiver um carro, onde será deixado? Você tem um local para estacionar? Terá que pagar aluguel por este período que estiver viajando? O ideal é que você tenha tudo fechado e finalizado antes de começar a viagem.
  • Lembre-se que você precisará tirar o passaporte, visto e dependendo do local um seguro saúde, pois desta forma você terá reduzido alguns ricos e muitos dólares caso tenha algum problema de saúde durante a viagem.
  • Desbloqueie os seus cartões aqui no Brasil caso haja necessidade junto ao seu banco.
  • Fique atento a toda a sua documentação necessária para entrar e sair do país que você está visitando como nômade digital.

Perguntas mais Frequentes de quem quer se tornar um Nômade Digital

Dicas para se tornar um nômade digital
Dicas para se tornar um nômade digital

Como gerar renda online?

Existem diversas formas de gerar renda online, mas isso depende muito das suas habilidades e do que você gosta de fazer.

Por exemplo, se você gosta da língua portuguesa e tem facilidade com criação de conteúdo, você já pode pegar uma série de freelas para começar a sua vida nômade.

Tudo vai depender do que você pode fazer e deseja de fato realizar.

Quem são os nômades digitais?

Existem alguns nômades digitais aqui no Brasil famosos por levar uma vida como nômade. É o caso de Matheus Sousa que é escritor e co-fundador do Be freela, um portal de referência para quem quer seguir a carreira freelancer.

E a Laís Schulz que é fotógrafa, blogueira e criadora de conteúdo. Ambos profissionais que vivenciam o estilo de vida nômade e trabalham viajando pelo mundo defendendo uma vida mais leve pelo mundo afora.

Como um nômade digital ganha dinheiro?

Existem diversas formas de ganhar dinheiro como nômade digital, mas a principal delas é feita online.

Você pode escolher vender algum produto pela internet, dar aulas online ou até mesmo trabalhar como afiliado de alguma plataforma digital.

E aí, gostou da ideia de ser um nômade digital?

O mais importante é ter uma profissão em mente antes de decidir seguir esse estilo de vida. Estar sempre antenado sobre as novidades do marketing digital. Ampliar as suas habilidade qe você precisa e Manter-se sempre atualizado sobre novas formas de trabalhar remoto.

Faça cursos online, estude novos idiomas, isso lhe ajudará a conquistar uma certa independência para resolver possíveis problemas que surgirem. Além da possibilidade de aumentar sua clientela.

Sem dúvidas, ser um nômade digital é uma aventura e tanto. Liberte-se de suas amarras e siga seus sonhos, coisas incríveis lhe esperam!

Hellen Bispo

Sou focada em resultados e sempre busco a performance em minhas ações, carrego a praticidade no meu DNA e acredito que o menos é mais cabe em todas as situações. Atuo no mercado digital há mais de 10 anos, sou formada em Publicidade e Propaganda pela Uninove, Pós-Graduada em Comunicação e Marketing pela USP e Aluno Especial de Mestrado em Comunicação Cognitiva. Especialista em Links Patrocinados pelo Google e Marketing Performance pela Universidade do Vale do Silício, Udacity.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.