Não quero ir Trabalhar. E agora?

Cerca de 1000 tipos de pesquisas acontecem todos os meses pelo termo não quero ir trabalhar e suas variações. Então, se você está cansado de ir trabalhar todos os dias. Saiba que você não está sozinho.

Afinal de contas todos nós temos aqueles dias em que simplesmente não queremos ir ao escritório e fazer nosso trabalho. Mas o que você pode fazer quando parece que não há mais saída para ganhar dinheiro agora?

Pode parecer difícil, mas saiba que sempre existe uma oportunidade à espera de alguém como você. E quer você precise de algumas dicas de renda extra que possa te impulsionar a deixar o seu emprego que não agrega mais valor para a sua vida ou te mostrar dicas de cursos gratuitos para te auxiliar em uma mudança de carreira ou apenas queira um pouco de motivação na hora de voltar ao escritório depois de um fim de semana prolongado temos muitos materiais que talvez possa te ajudar.

É normal não ir querer trabalhar mais?

Não quero trabalhar mais. E agora?
Não quero trabalhar mais. E agora?

Não é normal não querer trabalhar, mas é comum que você e muitas outras pessoas possam odiar trabalhar todos os dias. E é por isso que criei o No Aconchego um blog pessoal para indivíduos como você, que procuram maneiras de tornar suas vidas melhores mudando de emprego, fazendo uma renda extra, procurando um novo plano de carreira ou até mesmo para pessoas que assim como eu, gostam de refletir sobre assuntos relacionados a desenvolvimento pessoal.

Segundo o site Extra Globo que conversou com o consultor de carreiras Fredy Machado, muitas pessoas estão infelizes em seu trabalho. E em sua última pesquisa realizada para ajudar na produção de seu livro “é possível se reinventar e integrar a vida pessoal e profissional” aproximadamente 90% dos entrevistados dizem estar infelizes em seus trabalhos. A maioria dos casos responderam que não estão felizes com o que fazem e necessitam de uma mudança de carreira. Mas muitas alegam que apesar de gostar bastante do que fazem, a convivência em um ambiente tóxico os desestimulam bastante.

Os principais motivos para não querer ir trabalhar mais

A vida é curta e não devemos desperdiçar o nosso tempo com coisas que não gostamos. É natural, as vézes, você simplesmente pode não se sentir capaz, como foi comentado sobre isso na postagem sobre a sindrome da impostora. Porém, essa sensação não pode ser eterna, e se você quer saber os principais motivos para não querer ir trabalhar, continue lendo esse artigo!

Eu listei alguns dos principais motivos para não querer ir trabalhar. É claro que existem muitas outras razões também, mas essas foram as que mais encontrei durante minhas buscas pela internet. Entenda se você também compartilha de alguns desses motivos para não querer ir trabalhar. Seja qual for a sua razão, compartilhe conosco nos comentários do post. Vamos dividir este problemas juntos.

Esgotamento profissional

Segundo a Associação Nacional de Medicina do Trabalho (ANMT) cerca de 30% dos trabalhadores estão sofrendo da Síndrome de Burnout, ou seja, são aproximadamente 100 milhões de trabalhadores brasileiros que sofrendo com o problema. Não se sinta sozinho.

A Síndrome do Esgotamento Profissional é uma condição que afeta muitas pessoas e pode levar a sérios problemas de saúde. O esgotamento profissional, também conhecido como Síndrome de Burnout ou Síndrome do cansaço profissional, se caracteriza por um sentimento constante de exaustão física e mental.

Geralmente as pessoas sentem-se desmotivadas para realizar as atividades diárias e acabam tendendo a procrastinar algumas delas. Alguns dos principais sintomas da Síndrome do Esgotamento Profissional incluem irritabilidade excessiva, dificuldade em concentração, insônia ou sonolência excessiva durante o dia, depressão e ansiedade.

Infelizmente essa síndrome do esgotamento é um problema que afeta milhares de profissionais todos os anos, como você pode ver. Ela pode ser causada por diversos fatores, como o excesso de tarefas, a falta de reconhecimento pelos resultados alcançados e até mesmo uma carreira inteira insatisfatória. Mas o fato é que esta doença apesar de afetar todos os campos da sua vida, ela começa devido a problemas com o próprio trabalho. Seja por uma briga no trabalho, um bate boca com um colega de trabalho, metas que são impossíveis de serem cumpridas, aliadas ao um ambiente de trabalho tóxico.

E por vezes, o profissional acaba impossibilitado emocionalmente de ir ao trabalho. A ponto de não querer ir trabalhar mais devido a tamanha exaustão. Chegando até mesmo a pedir demissão do trabalho, mesmo não tendo condições financeiras para deixar o emprego.

Se você tem os mesmos sintomas descritos, lembre-se sempre de procurar ajuda profissional. É possível reverter esses quadros com terapias comportamentais adequadas.`

Trabalhar demais

Você se levanta de manhã e pensa em todas as coisas que poderia estar fazendo em vez de ir para o trabalho. E daí você chega a uma conclusão: “não quero ir trabalhar hoje”. Mas o que você pode fazer quando seu chefe não te dá abertura para conversa e você está preso a diversos boletos a pagar todos os meses? O ideal é que você reflita sobre essa situação e entenda um pouco mais sobre o que está acontecendo com você.

Muitas vezes você está trabalhando demais, deixando de fazer outras atividades de lazer, montando sua rotina de exercícios ou até mesmo largando de lado os seus hobbies para focar apenas no trabalho.

A gente sabe que o ideal é que você consiga separar um tempo tanto para o trabalho, como para a família, lazer e principalmente um momento apenas para você. Pense nisso!

Não gostar do seu chefe

Um dos motivos mais comuns para não querer ir trabalhar e um dos principais sintomas para faltar no trabalho é por não gostar do chefe. Se você não consegue suportar a ideia de ver seu chefe mais um dia, a ponto de dizer: “não quero ir trabalhar”, então talvez seja a hora de mudar. Você pode pensar que desistir não é uma opção por causa do quanto você vai ganhar dinheiro agora ou há quanto tempo está lá, mas e se houvesse outra maneira?

Lembre-se, não é que você não quer trabalhar com nada, e existem tantos outros empregos por aí que serão mais adequados à sua personalidade e ao seu conjunto de habilidades. Eu sei que não é simples, mas às vezes você pode mudar de departamento ou até mesmo ir para outra empresa. Não se deixe ficar preso a uma rotina quando algo melhor está à sua espera!

Dormir poucas horas

Existem diversos motivos que podem levar uma pessoa a não conseguir dormir direito. Como insônias, problemas emocionais, duplas jornadas de trabalho, conciliar estudo com a sua jornada de trabalho. Tudo isso pode afetar o seu horário de sono, e consequentemente diminuir a sua produtividade e desempenho no dia-a-dia.

E se você já estiver com esgotamento profissional esse acúmulo de emoções podem gerar o sentimento de não querer ir trabalhar mais.

Nestes casos o ideal é que você procure ajuda profissional para entender o que acontece e dessa forma realizar o acompanhamento e tratamento ideal.

Medo de não entregar seus resultados

Não é incomum você receber um projeto que deveria ser feito por dez pessoas, mas está tocando apenas em duas. Ou por vezes, ser cobrado por metas impossíveis de serem realizadas. O fato é que tudo isso pode gerar grande desconforto e esgotamento profissional.

E apesar de não ser uma conversa fácil, você precisa conversar com seu chefe sobre o projeto que estava para vencer na semana passada e você não entregou no prazo. Você está nervoso, com medo e sente que vai ser o fim da sua carreira. Bem, não tem que ser! Basta respirar fundo e começar a falar justificando os gargalos e mostrando os números que comprovam os seus questionamentos. Talvez a ideia que você possui: “não quero ir trabalhar mais”, seja apenas um “não quero ir trabalhar hoje”.

Estar desmotivado

Quando você está desmotivado, não importa, tudo o que acontecer dentro da empresa parece ser uma chatice o tempo todo. Se você está se sentindo desmotivado no trabalho, no final das contas a melhor saída é começar com algo novo, não necessariamente sair da empresa, mas começar um hobby novo, incluir uma nova rotina de exercícios ou até mesmo encontrar inspiração nas histórias de outras pessoas para encontrar um novo propósito para sua vida.

Caso mesmo assim, essa vontade de não querer mais ir trabalhar ainda persista, quem sabe não chegou a hora de ir sondando o mercado e ir pesquisando empresas que tenham o mesmo pensamento que o seu ou até mesmo realizar outros cursos gratuitos para entender se de fato trocar de área não faria um bem maior para a sua vida.

Não gostar do que faz

Uma pesquisa da Gallup mostrou que 72% dos indivíduos no mundo inteiro não gostam do próprio trabalho. Ou seja, como podemos imaginar muitas pessoas no mundo vivem insatisfeitas com a sua ocupação atual. Se você estiver em uma posição onde as coisas simplesmente não funcionam para você, seja como um cargo de liderança ou uma posição de analista, talvez esteja na hora de mudar de carreira. A boa notícia é que existem diversos caminhos para isso – desde cursar uma faculdade até começar um negócio próprio. É possível fazer tudo isso sem sair da mesma empresa. Aqui mesmo já escrevi algumas dicas de empreendedorismo e renda extra. Quem sabe não chegou a hora de dar pequenos passos para a liberdade?

Não quero trabalhar para os outros ou Não quero mais trabalhar fora

Existem pessoas que nasceram para ser funcionários, mas também existem pessoas que não querem trabalhar para outras pessoas. Há diversos motivos como não aceitar a forma como as pessoas pensam ou agem no mercado de trabalho, os devido aos baixos salários possuem grande contribuição. Ou até mesmo a idade pode ser um fator que leve as pessoas a empreenderem.

Saiba que existem diversas coisas que você pode fazer para não trabalhar para os outros. Eu fiz um texto com 60 ideias para fazer renda extra. Quem sabe você não ache uma que combine com você.

03 Dicas para lidar com a falta de vontade de ir trabalhar

Você está cansado de trabalhar no escritório? Ou até mesmo está trabalhando de casa, mas assim que pega o notebook para começar a sua jornada de trabalho bate logo aquele esgotamento profissional é aquele sentimento de não querer ir trabalhar mais vem a tona?

Pelo que você pode ler neste artigo, já conseguiu entender que não está sozinho. De toda forma, apesar de ser um alento perceber que não existe algo de errado com você. E sim, com esse ambiente tóxico de trabalho em que somos “obrigados” a nos ajustar em todo mercado de trabalho?

São vários motivos, como problemas com chefia, pessoas que não conseguem delegar, metas absurdas, descaso, baixos salários, jornadas de trabalho absurdas, além de falta de pessoal para cumprimento dos projetos de forma saudável.

Mas embora tudo isso seja uma verdade, na maioria das vezes não temos como deixar o nosso trabalho atual e simplesmente seguir em frente sem fazer nada, simplesmente porque eu não quero ir trabalhar.

O fato é que precisamos trabalhar para nos mantermos vivos e conseguirmos custear a nossa vida de forma digna e honesta. Por isso continuamos levantando cedo, trabalhando e dando o nosso melhor. Mas será que a vida é isso? Um emprego e um salário no final do mês?

Para mim a vida não é só isso, por este motivo separei três dicas que talvez te ajudem a sair desse ciclo de não querer mais ir trabalhar mais e entre em um novo momento de “não quero ir trabalhar hoje”ou até mesmo “não quero trabalhar para os outros”.

Busque as causas

Antes de mais nada você precisa entender o que está acontecendo com você. Buscar entender a razão do porquê de não querer mais ir trabalhar mas pode te ajudar a tomar uma decisão mais sábia. Pois às vezes, você gasta bastante da sua função, mas não está de acordo com a cultura organizacional da empresa. Ou até mesmo, possui um volume de trabalho muito maior do que o seu período de trabalho, te obrigando a sempre ficar mais tempo na empresa. Ou quem sabe é o seu chefe que resolveu pegar no seu pé e tem sempre uma crítica na manga para te deixar para baixo.

Tudo isso pode te levar a detestar o seu trabalho e pensar que eu não quero mais ir trabalhar, logo não quero mais cumprir a minha função. E talvez isso não seja uma verdade. Você pode apenas continuar amando o seu trabalho, mas devido ao esgotamento profissional não tem mais forças para continuar seguindo.

Por todos esses motivos, é fundamental que você venha a procurar ajuda profissional para descobrir o que está causando esse sentimento. E com tratamento adequado e acompanhamento você pode conseguir lidar melhor com esta situação e quem sabe se livrar de vez destas emoções que te levam a esse lugar de sofrimento.

Fim do expediente, desligue-se do trabalho

Eu entendo que trabalhando de casa por vezes fica quase impossível se desligar do trabalho. Por que afinal de contas, você acaba querendo adiantar algumas atividades para que o seu dia comece de forma mais leve. E como consequência você acaba emendando o dia com a noite e a noite com o dia.

O que acontece é que a sua mente não descansa nem por um minuto. Afinal de contas, você nunca deixa de trabalhar. Portanto, a dica aqui é montar um cronograma de atividades físicas, sair com amigos ou até mesmo programar aquele final de semana em um ambiente calmo e tranquilo para se desconectar do ambiente de trabalho totalmente.

Faça uma transição de carreira

Se você já fez todo o mapeamento pessoal e chegou a conclusão de que fato não apenas não quer mais ir trabalhar na empresa em que atua, mas também não gosta de cumprir as suas funções, vou falar para você que talvez seja a hora de encontrar um novo e parar de dar desculpas para não querer ir trabalhar. Quando você descobre que o seu trabalho não é mais satisfatório saiba que você não precisa mais se sentir preso a uma carreira infeliz para o resto da vida.

Existem diversos profissionais que podem te ajudar a encontrar soluções para avançar em uma direção para que você não precise passar outro dia sentindo-se infeliz no trabalho. Mas você também pode assumir o controle do seu futuro hoje e refletir sobre qual função você tem interesse em atuar.

Converse com pessoas que já atuam na sua área de interesse, aproveite que a maioria das pessoas gostam de falar do seu trabalho. Invista em cursos gratuitos e se essa for a sua praia, porque não investir em uma transição de carreira? Aqui no No Aconchego a gente fala muito sobre formas alternativas de ganhar dinheiro agora, e o principal objetivo é trazer outras perspectivas para que você possa encontrar alguma que de fato atraia. E claro se tiver algo para complementar só comentar aqui embaixo.

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.