05 Dicas para lidar com a Ansiedade na Pandemia

05 Dicas Para Lidar Com A Ansiedade Na Pandemia
Written By Hellen

Em 2008, iniciei minha carreira como profissional de marketing digital. Passei por diversas áreas do marketing e hoje atuo como Professora de Marketing.

amazon prime day

A ansiedade na pandemia e a saúde mental têm sido temas recorrentes no momento em que estamos vivendo. Onde todos os sentimentos são levados ao extremo.

Saber conciliar nossa vida profissional e pessoal dentro de um mesmo ambiente não é tarefa fácil.

Você precisa saber lidar com a rotina familiar no mesmo lugar onde você precisa sentar para trabalhar em casa.

Agora, imagine seu filho te pedir ajuda com a escola enquanto você está no meio de uma reunião importante com seu chefe. O estresse e a ansiedade causados por este tipo de situação são normais. É importante termos em mente que não estamos sozinhos, enquanto passamos por isso.

Ser capaz de identificar e reconhecer os sintomas da ansiedade. Neste momento, é o primeiro passo para aprender a lidar com esse sentimento.

Por isso, preparamos este artigo para te ajudar a entender e perceber os sinais que seu corpo está te dando.

Dessa forma, você vai aprender a reconhecer os primeiros sinais da ansiedade. Mas primeiro, você precisa entender o que é essa doença. E lembre-se sempre que a ansiedade não é frescura!

O que é ansiedade?

05 Dicas Para Lidar Com A Ansiedade Na Pandemia
05 Dicas Para Lidar Com A Ansiedade Na Pandemia

Segundo o dicionário, ansiedade significa um desconforto físico e psíquico; agonia, aflição, angústia. E infelizmente hoje em dia é o mal do século.

E se ainda não desenvolveu, não julgue. Pois esse sentimento não é incomum e pode acontecer com qualquer um de nós.

Você sabe o que é Ansiedade? Em resumo, é um termo genérico usado para descrever diversos distúrbios que causam nervosismo, medo, agitação, preocupação diante de situações comuns da vida.

Se você estiver passando por isso, cuidado. A ansiedade excessiva pode se tornar uma doença (CID 10 F41.1). E se você estiver passando por isso procure ajuda profissional. Dessa forma, você pode conseguir até saber como controlar a ansiedade.

O SUS tem um programa gratuito para o tratamento para ansiedade e depressão. Caso você não tenha um convênio ou condições de arcar com as custas deste tratamento.

Agora, que você já sabe o que é ansiedade, aprenda a reconhecer os sintomas de uma pessoa que é ansiosa crônica.

Como reconhecer os sintomas da crise de ansiedade na pandemia?

Todos nós passamos por momentos ou situações que nos deixam ansiosos. São exemplos a expectativa antes de uma data importante. A exposição a coisas que nos deixam temerosos ou desconfortáveis como falar em público, alguma mudança importante.

Entretanto, é preciso dizer: é comum se sentir ansioso. Pois, somos humanos!

Essa situação pode se tornar um problema quando a ansiedade deixa de ser apenas um pensamento inquietante sobre o futuro. E passa a se tornar um problema de saúde, adquirindo o nome de transtorno de ansiedade.

Nestes casos, o transtorno de ansiedade pode prejudicar diversos aspectos da vida. Atrapalhando até nas coisas mais simples como ir ao trabalho e ou até mesmo fazer coisas básicas como a própria higiene pessoal.

Por este motivo vale a pena repetir que a ansiedade não é frescura e na maioria das vezes, significa que o seu corpo está identificando que tem algo de errado acontecendo.

Entre os principais sinais de que você está sofrendo de transtorno de ansiedade, podemos destacar taquicardia; falta de ar; boca seca; suor em excesso; falta de ânimo e alterações de sono.

Então, todos esses sinais precisam ser observados com cuidado. Principalmente neste momento de pandemia mundial.

Pois, às vezes a própria preocupação com a pandemia pode desencadear uma certa ansiedade. E questionamentos como estamos de fato seguros? Ou até mesmo a dúvida sobre como nos mantermos saudáveis?

Você não pode mais sair de casa e precisa se adaptar a isso.

Não pode desopilar sua mente em um bar com os amigos. Nem mesmo sair pra jantar ou simplesmente dar uma volta no shopping.

Seu trabalho é na sua casa, sua vida pessoal é na sua casa, seu lazer é na sua casa.

Dessa forma, toda essa pressão psicológica ao seu redor pode te levar a ser menos produtivo. Criando gatilhos para aumentar ainda mais a ansiedade.

Como lidar com a ansiedade na pandemia?

Nós sabemos que o transtorno de ansiedade e depressão são doenças que deve ser tratada com acompanhamento médico. Entretanto, existem algumas maneiras de aprender a lidar e até mesmo como combater a ansiedade e evitar alguns dos sintomas de crises de ansiedade mais comuns.

Não tente fazer tudo ao mesmo tempo

A ansiedade pode te fazer sentir menos produtivo. Ou até afetar de maneira significativa a sua produtividade. Em um momento de home office como o que estamos vivendo. Isso pode ser prejudicial de diversas maneiras.

Porém, é importante lembrarmos que ser produtivo não significa fazer tudo ao mesmo tempo.

Ser produtivo é fazer o que precisa ser feito, com qualidade e organização.

Portanto, não tente fazer todas as coisas ao mesmo tempo pela falsa ideia de produtividade.

Faça listas de tarefas e se concentre em uma de cada vez, procurando manter o foco apenas no momento presente.

Não tenha medo de se desligar

Um dos principais dramas que o home office na pandemia pode trazer é o fato de que nunca conseguimos realmente parar de trabalhar.

Em resumo, não podemos sair de casa. E esse fato, nos impede de perceber o quando se desligar. É como se nunca pudéssemos trabalhar.

Portanto, não tenha medo de se desligar.

Evite trabalhar ou lidar com tarefas relacionadas ao trabalho antes do seu horário.

No final do expediente, procure encerrar as suas atividades até o dia seguinte e se concentrar em outras coisas.

Passe tempo com a sua família, estude alguma coisa. Ou encontre um passatempo prazeroso de fazer em casa.

Não tenha medo de ficar de fora

Segundo o FOMO (Fear of Missing Out), o medo de ficar de fora das coisas tem se manifestado cada vez mais nas pessoas, principalmente com o aumento do uso das mídias sociais.

Porém, não é fácil estar sempre a par de tudo e pode fazer mal para sua saúde mental.

Na hora de se “desligar” das coisas, lembre-se de desligar das redes sociais.

Separe um horário reduzido por dia para acompanhar as notícias. Tire umas férias do celular.

Manter-se informado de tudo o tempo todo apenas pelo sentimento de pertencimento ao grupo pode atingir gatilhos intensos de ansiedade. Tanto as notícias ruins quanto o fato de que não é fácil efetivamente participar da vida de outras pessoas, durante a pandemia, podem ativar esses gatilhos.

Não viva uma busca constante por felicidade

Não embarque na busca eterna pela felicidade.

A maior probabilidade é que você acabe frustrado e ansioso.

No final das contas, ninguém é feliz o tempo todo. A felicidade é composta de momentos.

Quando tentamos o tempo inteiro perseguir uma felicidade idealizada, perdemos o presente.

Não nos damos conta de coisas que estão acontecendo na nossa frente. Porque estamos sempre olhando para um futuro incerto à procura de algo que nem sabemos exatamente o que é.

Por isso, lembre-se de aproveitar o presente.

Alinhe suas expectativas

O cenário é difícil.

A pandemia segue acontecendo e não há uma previsão de fim.

Portanto, procure viver um dia de cada vez. Principalmente não crie expectativas em cima de situações que podem apenas te frustrar.

Quando você achar que está enfrentando algum tipo de crise relacionada à ansiedade, lembre-se: tudo faz parte de um ciclo. As mesmas situações que te deixam ansioso podem criar gatilhos para diversos outros sintomas de ansiedade.

Então, siga as dicas deste artigo para reconhecer e saber um pouco mais como lidar com a ansiedade. E lembre-se de sempre prestar atenção aos sinais que o seu corpo te dá. E caso não consiga ligar com esses sentimentos, o ideal é procurar ajuda de um profissional.

amazon prime day

8 comentários em “05 Dicas para lidar com a Ansiedade na Pandemia”

  1. Oi, Maria
    Adorei o artigo, acho que a maioria de nós estamos vivenciando o que descreveu aqui. Eu mesma estou trabalhando e minha pequenaestá sempre chamando e tentando chamar a atenção.
    Mas no fim tudo se ajeita e o importante e sabermos lidar não é mesmo?!
    Parabéns pelo conteúdo. Sucesso sempre!!!

    Vou Empreender e agora?
    || Pinterest

    Responder

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.