04 Passos para Você Meditar Diariamente

Meditar pode te ajuda mais do que você imagina.
Meditar pode te ajuda mais do que você imagina.

A meditação é uma boa para sua saúde mental, você sabe o porque? Porque meditar tem como objetivo nos acalmar e aquietar os nossos pensamentos.

Em tempos tão difíceis como o que vivemos é primordial que a gente tenha um tempo para nós mesmos. Dessa forma, a gente poderá ter uma visão melhor sobre o que estamos vivemos, e principalmente o que temos que fazer para continuar seguindo em frente.

Então, esse post é para você que ainda não sabe os benefícios da meditação e quer entender um pouco mais sobre o assunto. E claro, vamos mostrar também como você pode incluir a meditação na sua rotina diária de vida. Vamos começar entendendo um pouco mais sobre o que é meditação.

O que é meditação?

Para quem não sabe a meditação é uma habilidade que pode ser desenvolvida através de técnicas que envolvem a concentração. É uma prática milenar de origem oriental, mas diferente do que muitos pensam não é um privilégio apenas dos monges budistas desenvolver essa técnica.

Hoje em dia você mesmo pode evoluir a prática da meditação e incluí-la na sua rotina diária de vida com o objetivo de trazer um estado de clareza mental e emocional.

Algumas religiões acreditam até que a meditação quando evoluída pode até ser um instrumento para alcançar a liberdade. Existem algumas definições sobre como praticar a meditação como o focar na mente em um único objeto, se abrir para o divino, a prática do silencio a contemplação, etc…

Mas o mais importante é que todas as formas de meditação tem por objetivo acalmar os seus pensamentos e te trazer uma sensação maior de calma e porque não dizer de paz?

A meditação é boa para sua saúde mental?

buddha 1279902 640
Saiba os Motivos pelos quais a Meditação pode ser uma Boa para a sua Saúde

Como vimos anteriormente, quando meditamos estamos “aquietando” a nossa mente e de certa forma é um momento onde nos desconectamos do mundo externo e temos a possibilidade de nos encontrar com o nosso interior. Dessa forma acalmando e pausando todos aqueles pensamentos negativos como o estresse diário, o medo do novo e as incertezas do dia a dia.

Quando conseguimos refletir melhor sobre os fatos, temos mais chances de encontrar melhores soluções para os nossos problemas. E a meditação pode ajudar nesta batalha, mas para isso é preciso é preciso seguir alguns passos para conseguimos alcançar o estado meditativo e fazer da meditação uma ferramenta para ter uma saúde mental e física mais equilibrada.

O primeiro momento pode não ser tão fácil, mas com treinamento é possível e você conseguirá trazer melhorias imensuráveis a sua saúde. Confira abaixo alguns dos benefícios que essa prática pode te trazer.

Foco e Atenção

Em 2018 foi publicado no Journal of Cognitive Enhancement da Springer um estudo que trouxe evidências de que a prática da meditação intensiva e contínua está associada a melhora do foco e da atenção. 


Esse experimento realizado em 2011, avaliaram pacientes que compareceram a um retiro de três meses no Shambhala Mountain Center, no Colorado. As descobertas revelaram que o treinamento melhorou o bem-estar emocional dos participantes e os levou a ter um melhor desempenho em tarefas relacionadas ao foco e à manutenção da atenção.

Sete anos após quando os pesquisadores retornaram ao grupo foi relatado que a meditação de alguma forma trouxe melhorias mentais que se sustentavam mesmo após todos esses anos na maior parte do grupo.

Redução de Estresse e Ansiedade

Em momentos de incerteza como os que vivemos atualmente um dos sentimentos não muito raro é a ansiedade e o estresse. Em geral, esses são fatores que podem ocasionar a baixa produtividade e intensificar a procrastinação.

A meditação pode aliviar esses sintomas e diminuir esses níveis de estresse e ansiedade. Até para quem possui níveis mais elevados de estresse já foi comprovado que a meditação pode ser um excelente remédio.

Segundo o artigo, “O Valor da Meditação no Tratamento da Insônia” onde constatou que as pessoas que praticavam meditação tiveram muito mais facilidade em adormecer do que as pessoas que não a praticavam.

Uma vida mais Positiva

Ter mais tempo com os familiares eram um sonho de consumo de qualquer indivíduo. De toda forma, estar com eles durante vinte e quatro horas por dia e sete dias por semana pode se tornar um transtorno. Mas meditar pode te ajudar a ter uma vida mais positiva, pois te trará a calma e a clareza para agir de forma equilibrada e mais saudável.

Enfim, com a meditação você tem um tempo exclusivo para você ouvir você mesmo. E assim, poder aprender a se acalmar e a cultivar pensamentos positivos para conquistar todos os seus objetivos e ter mais prazer e qualidade de vida.

Diminuição da Insônia

Você acredita que cerca de acordo com o SleepUp 30% da população no Brasil em algum momento vai sofrer com a insônia? É claro que se você sofre constantemente deste mal deve procurar ajuda de um profissional, mas até mesmo eles que trabalham com pessoas que possuem dificuldades para dormir reconhecem os benefícios que a meditação pode trazer aos seus pacientes quando combinado a tratamentos médicos.

Controle da Pressão Alta

Eu fiquei muito impressionada como a meditação pode ajudar em casos tão específicos como o controle da pressão alta. Uma estudante da UNIFESP fez um estudo para o seu TCC, afim de descobrir quais os benefícios da meditação em pacientes com pressão alta e mesmo não chegando a cura, ela percebeu uma melhora nas pacientes que praticavam a técnica pela manhã.

Auxilio no Tratamento de Depressões

A depressão é uma das doenças que mais afetam a nossa população mundial, e nestes últimos tempos, segundo a OMS aumentou em quase 50% o número de pacientes que sofrem com a doença.

Mas a medicina já vem evoluindo bastante neste setor, assim como já existem muitos estudos que comprovam que a meditação pode trazer uma melhora nos quadros de depressão. É claro que é sempre conveniente lembrar que é primordial que mesmo fazendo o uso da meditação diária em casos extremos é necessário acompanhamento de um especialista da área.

Controle do Diabetes

Segundo o clube dos diabéticos a meditação pode trazer grandes benefícios também a quem tem diabetes do Tipo 2. Pois, além de meditar auxiliar o corpo a relaxar, mantem a ansiedade equilibrada, ajuda a baixar a pressão sanguínea. E ao diminuir o estresse, diminui também o cortisol que pode elevar a resistência do organismo á insulina, desta forma podem diminuir a progressão da doença.

Tratamento de Disturbios Alimentares

Para quem não sabe, a meditação também já recebe bastante atenção de pesquisadores da área da saúde. Já existem alguns estudos que apontam a meditação como uma terapia complementar para tanto para tratamento contra distúrbios alimentares como para transtornos de ansiedade, a depressão e a dependência química.

Claro que como citado no próprio texto ainda está em fase de estudo e a ideia é ser utilizado como uma terapia complementar. E como toda doença é necessário que você que sofre com qualquer doença deve passar em um médico para fazer um tratamento completo.

Você sabe meditar corretamente?

homem sozinho no meio de uma paisagem de montanhas.
Saiba como Meditar e Relaxar

Agora que você já sabe um pouco mais sobre meditação. E conheceu sobre alguns benefícios que ela pode proporcionar para sua vida. Chegou a hora que de praticar essa técnica e conduzir a sua mente para um estado de calma, e por que não dizer de relaxamento.

Esse método vai exigir foco, postura e atenção para que você possa atingir maior tranquilidade e paz interior para se aproveitar de todos esses benefícios que a meditação pode te trazer e melhorar vários aspectos da sua vida.

É claro que de início pode ser desafiador, por isso é necessário que essa técnica se torna uma prática diária. E para começar você não precisa de muito. Reserve pelo menos de 5 a 20 minutos do seu dia para realizar o seu treino e com muita dedicação e principalmente persistência você vai chegar na meditação e poderá comprovar os benefícios reais da meditação.

Passo a Passo para Meditar Diariamente

1. Reservar um tempo

O primeiro passo sem sombra de dúvida é achar um momento no seu dia especialmente para você. O ideal é que você reserve um tempo para meditar pela manhã, pois dessa forma você terá a oportunidade de começar o seu dia sem tanta ansiedade e com maior foco nas atividades que virão pela frente. Ou até mesmo aproveitar para realizar a sua prática meditativa a noite com o objetivo de ter um sono mais tranquilo e relaxante.

Apenas 5 minutos refletindo sobre sua vida, fazendo uma viagem dentro de si mesmo, podem fazer uma diferença considerável na sua vida com o tempo você pode ir ampliando esse tempo, acredito que de 15 a 20 minutos pode ser o ideal para que você alcance um estado meditativo mais calmo e harmônico.

Evite pensar em coisas negativas e preocupações desnecessárias como por exemplo perder a hora de começar a trabalhar, e ao invés disso coloque o despertador para não se perder no tempo.

2. Adotar uma postura confortável

Lembre-se que a meditação é uma técnica, portanto, como em toda técnica exige prática. Nem sempre você conseguirá realizar de cara. Como diz um velho ditado, “é a prática que leva a perfeição”.

E para que você consiga realizar essa técnica é preciso que você adote uma posição cômoda e confortável. O correto é manter a coluna reta e manter o pescoço alinhado com a sua coluna. Tente ficar o mais parado possível. O importante é focar em manter o corpo todo o mais relaxado possível.

As mão podem ficarem repousadas nos joelhos com as palmas voltadas para baixo. Logo após, feche os olhos e permaneça com os ombros relaxados.

3. Controlar a respiração

Agora que você já achou o seu canto para fazer a sua meditação diária. E já conseguiu reservar um tempo na sua agenda para fazer esse exercício. Agora é a vez de aprender a controlar a respiração essa é a parte que para mim é a mais difícil de fazer.

Existem alguns videos que talvez possa te ajudar, principalmente no começo. E o mais importante obedeça o seu corpo e vá no seu tempo, não deixe esse momento prazeroso se tornar pavoroso.

Com certeza essa é uma das etapas que é mais difícil, não se cobre se você não conseguir se familiarizar nas primeiras semanas. Tudo é processo e com a persistência logo o seu corpo se acostumará.

4. Focar a atenção

Confesso que este último passo, para mim foi mais fácil depois de dominado o controle da respiração. Mas existem algumas dicas que podem te ajudar neste primeiro momento.

Como por exemplo colocar uma música que já te deixe em um estado de calma, sons da natureza, ou até mesmo se você conhecer um mantra que te ajude a entrar no processo meditativo pode ser perfeito.

O ideal é manter a mente calma e sem aquele turbilhão de pensamentos que te impedem de ter um estado mais evoluídos. No início, certamente será bem difícil, mas com o tempo tenho certeza que você poderá alcançar estados mais relaxantes, você aprenderá a se concentrar, focar a sua atenção no que importa e levar uma vida mais leve.

Hellen Bispo

Sou focada em resultados e sempre busco a performance em minhas ações, carrego a praticidade no meu DNA e acredito que o menos é mais cabe em todas as situações. Atuo no mercado digital há mais de 10 anos, sou formada em Publicidade e Propaganda pela Uninove, Pós-Graduada em Comunicação e Marketing pela USP e Aluno Especial de Mestrado em Comunicação Cognitiva. Especialista em Links Patrocinados pelo Google e Marketing Performance pela Universidade do Vale do Silício, Udacity.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.