10 Dicas para não deixar o Trabalho te Consumir

05 Dicas para não deixar o Trabalho te Consumir
Não deixe o Trabalho te Consumir

Como não deixar o trabalho te consumir? Esta é a pergunta que sempre é feita, mesmo quando o homeoffice não fazia parte do dia a dia.

A realidade é que a gente acorda e vai em seguida para o computador, depois almoça no whatsapp, volta para o notebook e depois corre novamente para o celular. Ou seja, o trabalho não para.

Mas chega uma hora que nem o corpo e nem a cabeça aguentam mais trabalhar demais. E antes que o corpo comece a falhar é necessário que você entenda que trabalhar demais faz mal. O que precisamos buscar é o equilíbrio.

Não deixe o Trabalho te Consumir

Saiba quais são os Sinais de Burnout
Saiba quais são os Sinais de Burnout

Bom, você já deve ter ouvido falar em saúde mental. E por aqui já foi pincelado sobre a importância de descobrir o propósito e achar a felicidade dentro das suas atividades profissionais.

O fato é que precisamos nos comunicar, estar em contato com outras pessoas e encontrar maneiras de vencer o tédio, tudo isso em prol da nossa saúde mental.

No homeoffice, isso parece mais difícil, porém vamos te dar dicas para que você não deixe que o trabalho te consuma.

Se você está trabalhando em casa, sozinho, sem contato direto com outras pessoas, por vezes você pode focar as suas energias apenas no trabalho deixando de lado um pouco a saúde.

O grande segredo é aproveitar o seu tempo da melhor maneira possível! 

E porque não praticar a inversão? Ao invéz de se focar em trabalhar demais. Porque não aproveitar para ter mais horas de lazer sobrando. E mesmo sem sair de casa, é tudo uma questão de saber o que fazer com o tempo que você tem.

Você já Ouviu falar de Síndrome de Burnout?

Para quem não conhece a síndrome de Burnout é um distúrbio emocional que é derivada do esgotamento profissional. Devido ao excesso de trabalho ou até mesmo derivado de um ambiente de trabalho tóxico podem levar o profissional a um estado de depressão profunda e nestes casos é preciso que você procure um apoio de um profissional para que efetivamente possa realizar um tratamento.

Quais são os principais Sinais de Burnout?

  •  Cansaço excessivo físico e mental;
  • Dor de cabeça frequente;
  • Alterações no apetite;
  • Insônia;
  • Dificuldades de concentração;
  • Sentimentos e fracasso e insegurança;
  • Negatividade Constante;
  • Sentimentos de Incompetência;
  • Alterações repentinas de humor;
  • Isolamento;
  • Fadiga;
  • Pressão alta;
  • Dores musculares;
  • Alteração nos batimentos cardíacos
  • Problemas Gastrointestinais.

Dicas para não deixar o Trabalho te Consumir

Se o Trabalho te Consumir, peça ajuda!
Se o Trabalho te Consumir, peça ajuda!

De maneira geral, tudo uma questão de saber o que fazer com o seu tempo.

Você não pode sair de casa, mas não há necessidade em encarar esse momento de homeoffice como uma prisão.

Acompanhe abaixo, algumas dicas que podem tornar o seu home office e o período de isolamento social um pouco menos solitário e recluso.

1- Afaste-se da solidão

A grande vantagem de ter uma estrutura adequada para o homeoffice é que você provavelmente tem meios para se comunicar rapidamente com outras pessoas, principalmente através da internet.

Então, faça isso!

Ligue para seus colegas em vídeo, ao invés de apenas mandar um email

Faça chamadas com os seus amigos frequentemente, para saber como eles estão.

Você pode facilmente substituir os momentos que saía com os amigos por ligações ou vídeo chamadas.

2- Não esqueça da rotina de trabalho

Estar trabalhando em casa não significa que você deve esquecer de que está trabalhando e focar apenas na parte do “em casa”.

Tratar seu espaço de trabalho como um escritório fará bem para a sua mental. Assim, como exigirá que você continue a seguir certos protocolos que te fazem não esquecer de que você está trabalhando.

  • Trocar de roupa para trabalhar, você não precisa passar o dia de pijama.
  • Tenha horários definidos para o seu trabalho e respeitando a pausa de almoço e o horário de “saída” do trabalho.
  • Não acorde cinco minutos antes de iniciar o seu trabalho. Tire um tempo para se arrumar e tomar um café da manhã.

3- Tenha momentos de lazer

Preferencialmente, pela manhã.

Mas porque não aproveitar o tempo que você costumava gastar no trânsito e transformá-lo em um momento de lazer?

Começar o dia com algo prazeroso fará com que você mantenha seu cérebro mais ativo, motivado e produtivo. 

4- Mas lembre-se!

Não tente transformar uma obrigação em lazer apenas para “burlar” o seu tempo livre.

Faça algo que realmente seja gratificante pra você.

Crie regras pra si mesmo

É sério.

Todas as dicas que citamos até agora podem até parecer fáceis, mas a realidade é que você é a única pessoa capaz de se policiar. enão trabalhar demais.

Criar regras para cumprir certas rotinas necessárias é uma maneira de transformar todas essas coisas em hábitos.

Por exemplo: não se deixe pedir comida em casa mais de uma vez por semana. Cozinhar é uma maneira de passar um tempo longe do computador e do trabalho.

Pelo menos duas vezes por dia, separe dez minutos para pegar um sol. Mesmo que você não possa sair de casa agora, vá até a varanda, até o quintal, sente próximo a uma janela. Pegue ar fresco!

5- Estude

Fazer cursos livres ou por suas leituras em dia não é apenas uma maneira de exercitar o seu cérebro, mas também de se manter em contato com outras pessoas.

Existem cursos baratos ou até mesmo gratuitos que você pode fazer na internet e que te incentivam a dialogar com uma turma de alunos.

E de qualquer forma, você estará dialogando e criando conhecimento.

6- Leia notícias

Além de não se isolar das pessoas, é interessante não se isolar dos acontecimentos do mundo.

Quando você para de saber o que está acontecendo fora da sua casa, é hora de dar uma pausa e começar a repensar a maneira como você está lidando com o homeoffice.

Então, leia jornais, sites de notícias, até mesmo as redes sociais dos seus amigos, para saber como eles estão.

7- Almoce com amigos

No momento, você não pode fazer isso de maneira presencial, mas porque não planejar um horário para que todos almocem juntos em uma chamada de vídeo?

Talvez, vocês possam buscar os mesmos ingredientes no mercado e cozinhar ao mesmo tempo em uma vídeo chamada. O principal ponto é não perder o contato com as pessoas que estão no seu círculo social.

8- Assista séries

Seja Netflix, prime vídeo ou qualquer outro serviço de streaming que você assinar, assistir séries faz bem para a sua saúde emocional pela sensação de pertencer a uma comunidade de fãs.

Existem estudos que apontam que acompanhar as suas séries favoritas diminui a sensação de solidão de isolamento, além de servir como entretenimento para momentos de ócio.

Depois de todas essas dicas, esperamos que você se sinta mais disposto a fazer uma social virtual.

No começo, não é tão fácil equilibrar as coisas, mas aos poucos tudo vai melhorando.

9- Meditação

Assim como proteger a saúde física com uma boa alimentação e exercícios físicos é importante, fazer a manutenção da saúde mental também é. Você sabia que quando nossa saúde mental está afetada ficamos mais propensos a pegar doenças? 

Uma grande aliada para manter o equilíbrio é a meditação. Existem diversas maneiras de praticá-la do conforto do seu lar. Aplicativos e canais no YouTube permitem realizar uma meditação guiada por profissionais e podem atingir vários níveis, desde o iniciante até o mais experiente, algumas chegam a durar cerca de 10 minutos. Então, tudo o que você precisa é usar roupas confortáveis e selecionar um local agradável e silencioso. Caso prefira, faça em um horário onde os outros integrantes da casa estejam dormindo. Mesmo que você sinta não conseguir centralizar seus pensamentos, não se preocupe. O ato de você respirar de maneira certa já ajuda seu corpo a desacelerar e relaxar. Não desanime!

A meditação pode ajudá-lo a dormir

Inclusive, a meditação pode ajudá-lo a dormir mais rápido e ter uma noite de sono de qualidade.

Além de tudo isso, não esqueça de parar e olhar o mundo lá fora. Por passar muito tempo dentro de casa, acabamos nos acostumando a não conviver com o mundo exterior. Passamos dias olhando apenas para nossos cômodos. Separe um momento e olhe pela janela, apareça na varanda, dê uma volta em seu quintal, abrace seu animal de estimação e sinta o vento em sua pele. Então, faça coisas que liguem você à natureza para aliviar sua mente e renovar suas esperanças em dias melhores. E claro, lembre-se sempre trabalhar demais faz mal.

10- Exercícios

É importante manter o isolamento social nessa época como um meio de proteger a saúde física, porém devemos nos preocupar também em manter uma boa alimentação e realizar exercícios físicos. Não esqueça que tudo isso contribui para aumentar a imunidade. Portanto, separe alguns minutos por dia para exercitar-se. A internet pode ser uma grande aliada nesses momentos. Existem diversas plataformas que ensinam a treinar em casa de maneira fácil e rápida. Com força de vontade e disciplina é possível manter uma rotina saudável.

E você, como tem sido o seu trabalho em casa durante o isolamento social?

Hellen Bispo

Sou focada em resultados e sempre busco a performance em minhas ações, carrego a praticidade no meu DNA e acredito que o menos é mais cabe em todas as situações. Atuo no mercado digital há mais de 10 anos, sou formada em Publicidade e Propaganda pela Uninove, Pós-Graduada em Comunicação e Marketing pela USP e Aluno Especial de Mestrado em Comunicação Cognitiva. Especialista em Links Patrocinados pelo Google e Marketing Performance pela Universidade do Vale do Silício, Udacity.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.