Como ser Assistente Virtual?

O trabalho remoto é uma excelente alternativa para alcançar seus objetivos financeiros, e atuar como assistente virtual pode ser uma alternativa para gerar renda. E, até mesmo, pode ajudar a alcançar a sua independência financeira sem precisar sair de casa. 

A melhor parte dos serviços remotos é que eles podem ser usados como uma renda extra ou como sua renda principal, caso você tenha alguma demanda que não te permite sair de casa. 

No entanto, para trabalhar em casa, é necessário pesquisar e entender o que você pode fazer, de acordo com suas habilidades. Existem muitas opções de trabalhos pela internet como assistentes virtuais, vendedor freelancer, afiliado em plataformas, entre outras funções. 

Trabalho Remoto e os Assistentes Virtuais

Assistente Virtual
Assistente Virtual

Se você pensa que é novo essa ideia de trabalhar de forma remota, sinto dizer que esse movimento começou na década de 90, já com o avanço tecnológico e a disseminação do advento da internet. Mas apenas hoje em dia a profissão de assistente virtual tem ganhado bastante destaque. E a cada dia que se passa mais pessoas precisam deste serviço. Principalmente àquelas que apesar de não terem tempo ou apenas vocação para organizar a correria do dia a dia, não conseguem pagar um funcionário fixo para ajudá-las nestas questões.

Segundo a empresa especializada em recrutamento e seleção Robert Half o Brasil já ocupa a terceira posição quando o assunto é trabalho remoto. E já é um dos países com o crescimento mais rápido de pessoas que optam por trabalhar em home office. São diversas empresas pequenas, médias e até mesmo de grande porte que procuram profissionais para fazer serviços específicos como suporte, criação de planilhas, apresentações, organização, folha de pagamento e por aí vai.

O trabalho do assistente virtual é auxiliar o contratante a focar no seu serviço principal e deixar as pequenas burocracias do dia a dia organizadas para uma melhor performance do contratante. É uma forma inteligente de otimizar o tempo e potencializar os resultados. Além de manter a produtividade e reduzir os custos com uma mão-de-obra fixa.

O que faz um assistente virtual?

Um assistente virtual é responsável por dar todo o suporte que os clientes precisam, dentro do sue nicho de atuação. Ele irá atuar suprindo as necessidades exigidas pelos profissionais que ele atende, sendo sempre organizado e dinâmico. Irá organizar compromissos, fazer contato por e-mail com possíveis clientes, organizar funções e pagamentos ou enviar documentos importantes, por exemplo. 

Mas tudo vai depender da necessidade de cada cliente e do ramo de atuação de cada um. 

Se você está procurando por uma renda extra ou uma forma de conseguir sua independência financeira sem precisar sair de casa, venha descobrir o que você precisa pra ser um assistente virtual.

Como ser assistente virtual?

A principal dica é começar devagar. Você precisa conquistar a confiança dos seus clientes e ir fazendo a transição gradual da sua função enquanto conquista mais clientes e se estabiliza no mercado.

Comece fazendo uma lista dos serviços que você sabe fazer e pode oferecer aos seus clientes. Pesquise sobre os serviços que os seus assistentes virtuais costumam oferecer e se baseie nisso para criar sua própria cartela de serviços. Lembre-se de buscar um diferencial no seu trabalho. 

Veja essa lista abaixo de serviços que você pode oferecer:

  • Gerenciamento de calendários
  • Suporte via chat, e-mail ou redes sociais
  • Manutenção de redes sociais 
  • Manutenção e alimentação de sites
  • Serviços financeiros
  • Pesquisar para textos ou criação de conteúdo
  • Elaboração de textos para blogs, livros ou outras plataformas
  • Suporte para vendas, como criação de artes, divulgação nas redes sociais ou e-mail marketing.

Conhecendo algumas das funções é hora de olhar para suas próprias características e se perguntas: O que eu sei fazer?

Depois que você conseguir reunir suas habilidades em um pequeno texto ou lista, faça uma apresentação dos seus serviços. Pode ser em vídeo, pdf, word, powerpoint, imagens ou como você achar melhor. Essa apresentação será enviada para os seus futuros clientes para que eles conheçam você e os seus serviços. 

Se você tiver interesse pode criar um site ou página nas redes sociais para divulgar os seus serviços com mais clareza nas informações e usar o whatsapp como forma de contato. 

Quanto ganha um Assistente Virtual?

Tendo em vista que as funções variam de cliente para cliente e que cada assistente virtual vai cobrar o seu próprio valor, não existe um teto para a profissão. Você pode cobrar dos seus clientes por função ou por pacote, semanal, mensal ou por dia. 

Tudo vai depender das funções que você combinou com o seu cliente, no entanto, é possível conseguir um salário mensal entre R$4mil e R$8mil. 

Por esse motivo é importante disponibilizar o máximo de serviços possível aos seus clientes e fazer uma excelente apresentação do seu negócio. 

Como ganhar dinheiro como assistente virtual de mídias sociais?

Com o crescimento das redes sociais, cada vez mais empresas e empreendedores tem utilizado essas ferramentas para divulgação de seus serviços e produtos. Pensando nessa nova necessidade criou-se uma nova profissão: o gerenciamento de redes sociais. 

Se você está pensando em trabalhar como assistente virtual saiba que se especializar em redes sociais é uma boa jogada já que esse é um mercado que está sempre em expansão. 

As mídias sociais se tornaram armas de marketing e informação, colhendo dados e permitindo a comunicação direta com o público alvo. E é exatamente isso que a faz uma estratégia importantíssima para os negócios.

A maior parte das empresas e profissionais entendem essa necessidade mas não tem a habilidade necessária e o tempo disponível para lidar com essas mídias e é aí que você entra como assistente virtual de mídias sociais. 

Nessa área de atuação você precisará saber de coisas como:

  • Fazer postagens nas redes sociais
  • Responder perguntas nos comentários com clareza
  • Agendar reuniões, visitas e atendimentos. 
  • Colher informações de clientes em potencial
  • Acompanhar e divulgar campanhas de marketing que estiverem ativas bem como elaborar novas campanhas
  • Atender solicitações de todo o tipo
  • Anotar e passar recados
  • Confeccionar artes de divulgação que sejam atrativas e harmoniosas
  • Criar textos e chamadas atrativas
  • Entre outras

Dependendo do seu acordo com o cliente, você também poderá atender, ligar ou receber e entregar encomendas. 

Dica importante: como é uma área que ainda está em desenvolvimento e expansão, a definição das suas atividades acontece sempre em acordo com o cliente antes do fechamento do contrato. Sempre confirme as necessidades do seu cliente e,se possível, elabore um contrato simples que detalhe as suas funções. 

Na questão das demandas, você precisará se organizar com o seu cliente para entender o que é mais importante no dia a dia da empresa e entregar sempre o que for solicitado. 

Onde eu posso encontrar vagas para assistente virtual?

Normalmente você encontra esse tipo de vaga em plataformas de vagas para freelancer, no entanto, como está se tornando uma profissão muito procurada algumas empresas estão contratando para essas vagas como CLT. 

De forma freelancer você pode usar sites como o Workana, GetNinjas, 99Freelas, Freelancer, UpWork, Contentools e outros. E, procurando CLT você pode encontrar em sites como vagas.com, RioVagas ou o site de empregos da sua região. 

Alguns sites de freelancers acabam cobrando uma taxa em cima de cada serviço que você conseguir pela plataforma, outros sites podem te cobrar uma mensalidade e alguns outros são 100% gratuitos, cabe a você decidir qual o melhor caminho para seguir. 

Como calcular o valor de suas horas

Claro, que não existe uma tabela fixa para esses serviços e você está livre para cobrar o quanto quiser pelos seus serviços. Mas aqui vou te passar uma ideia de como calcular os seus serviços.

No primeiro momento você precisa destacar quantas horas possui disponibilidade para trabalhar como assistente virtual. Vamos supor que você queira trabalhar 10 horas por dia, multiplique: 

10 x 22 (número médio de dias úteis) = 220 horas por mês.

Agora você precisa pensar o quanto você precisa ganhar por mês. Vamos colocar que o seu mínimo necessário seja 5.000 reais mensais, agora você precisará dividir este valor pelo número de horas trabalhadas por mês e você receberá o valor de uma hora: 23 reais em média. Em seguida você precisa saber qual a demanda do cliente e saber quantas horas por dia você vai dedicar a ele.

Para um projeto de um mês com 6 horas por mês, neste modelo, você cobraria algo em torno de.

23 (valor por hora) x 6 (horas reais) = R$ 138.

Você vai perceber que é necessário colocar todas as contas em uma planilha, pois dessa forma você vai entender quantos clientes precisa para ter o faturamento necessário para alcançar o seu salário desejado.

Conclusão

Se você está procurando uma renda extra ou uma forma de mudar de vida, trabalhando de casa, você pode aprender como ganhar dinheiro como assistente virtual, não é um dinheiro fácil e rápido, mas com certeza vai te ajudar a complementar a sua renda. 

Precisamos lembrar que essa é uma profissão como outra qualquer e vai precisar de esforço e dedicação para render bons frutos. 

E aí, se interessou pela profissão de Assistente virtual? Pesquise mais sobre o assunto e comece agora mesmo a ganhar dinheiro trabalhando como assistente virtual. 

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.