Guia para trabalhar como afiliado em 2021

Trabalhar como Afiliado em 2021
Trabalhar como Afiliado em 2021

Trabalhar como afiliado é uma das tendências para 2021 e promete ser uma das alternativas de home office interessantes.

Seja para aqueles que buscam uma renda extra ou mesmo um novo campo de mercado de trabalho. 

A partir disso, surgem algumas dúvidas em relação ao assunto, desde o que faz um afiliado, quais são os programas de afiliados ou até mesmo quanto dá para ganhar nesta profissão. 

Então, aqui, você tem um guia completo para entender tudo o que precisa sobre o assunto e começar a lucrar. 

Boa leitura!

O que é ser um afiliado? 

A princípio, você pode se perguntar o que é ou exatamente e o que faz para trabalhar como afiliado. 

Pois, a profissão faz parte das novas ideias de mercado, que surgiram a partir do avanço tecnológico e da internet. 

Entretanto, não se trata apenas de algo novo, que apareceu nos últimos meses. 

De acordo com a história, o primeiro programa de afiliados surgiu em 1989, desenvolvido pela empresa PC Flores e Presentes. 

Entretanto, foi ao longo dos últimos vinte anos que a profissão realmente começou a ganhar um pouco mais de espaço e, nos últimos cinco, atraiu de verdade os brasileiros. 

Enfim, o que você precisa ter em mente é que o afiliado é um profissional que faz a indicação, divulgação ou promoção de produtos ou serviços de outras pessoas. 

A partir das vendas, que é o tipo mais comum, o afiliado recebe uma comissão a cada vez que aquele produto é comprado. 

Sendo assim, os seus lucros acontecem através dessas comissões. 

Daí você pode se perguntar porque exatamente essa é uma profissão tão gigante no mercado. 

Acontece que milhares de pessoas tem uma grande capacidade de produzir produtos e serviços interessantes, mas não são realmente habilidosos no quesito venda. 

Afinal, vender é bem diferente de produzir. 

Mas não é só isso, acontece que permitir a afiliação aumenta o impacto no mercado, eleva a presença da marca/ empresa/ produto, cria-se uma relação comercial onde todos ganham de alguma maneira.

Programas de afiliados

programa de afiliados
programa de afiliados

Os programas de afiliados surgiram como uma necessidade do mercado. 

Isso porque, com o aumento dessa oportunidade de carreira, foi necessário criar espaços para facilitar essa relação. 

Portanto, os programas de afiliados são os sistemas que vão unir você aos criadores/produtores ou até mesmo empresas que precisam vender seus produtos ou serviços.

Através dessas redes, é possível se filiar, estabelecer relações, conhecer mais sobre os produtos e serviços e assim por diante. 

Atualmente, existem diversos programas diferentes, cada qual com vantagens interessantes e você vai conhecer melhor os principais logo abaixo e quem sabe trabalhar como afiliado.

Afiliados Amazon

afiliados amazon
afiliados amazon

O programa de afiliados Amazon é um dos mais conhecidos na internet, principalmente por pessoas que já usavam a plataforma para compras. 

Em termos simples, o sistema de marketing funciona para que você divulgue links e ganhe comissões pelas vendas de produtos através das suas indicações.

Para fazer o cadastro, basta acessar o site oficial e completar o formulário. 

O cadastro é bastante simples e totalmente gratuito, além de ter algumas ferramentas simples. Chamado de Programa de Afiliados Amazon, o programa garante comissões de até 15%, sempre de acordo com o valor dos produtos vendidos, como livros, roupas, produtos eletrônicos e demais itens oferecidos nas páginas.

Afiliado Hotmart

afiliados hotmart
afiliado hotmart

A Hotmart é um dos programas de afiliado digital mais conhecidos na internet, sendo um dos que mais fazem sucesso na rede. 

O destaque aqui se dá pelas comissões, que podem chegar a 80% do valor dos infoprodutos. 

Aqui, vale destacar que os produtos são digitais, como ebooks e cursos. 

Para fazer o cadastro, acesse a plataforma e complete o formulário, que é bem simples e rápido. 

É válido destacar também que os pagamentos aqui costumam receber elogios, o que é bacana de colocar na balança.

Afiliados Eduzz

afiliados eduzz
afiliado Eduzz

O Eduzz Afiliado também é um dos programas queridinhos para quem quer trabalhar como afiliado. 

Sendo que, para fazer o seu cadastro, é preciso acessar o menu “Vitrine” e começar a completar com as suas informações. 

Além disso, os produtos ali ganham destaque pelos preços. 

De acordo com resultados da Eduzz, a média dos produtos mais vendidos mostram um valor por volta de R$ 300. O que é relativamente alto. 

Entre os produtos queridinhos estão os cursos, totalmente online. Principalmente no nicho de finanças. 

Já em relação a comissão, a média apresentada é de 8,9% + R$ 1. 

Afiliado Magalu 

parceiro magalu
Afiliado Magalu

O Parceiro Magalu é o programa de afiliado digital da Magazine Luiza e vem como uma opção além dos produtos digitais. 

Chamado também de Magazine Você, é possível receber através das vendas online, recebendo comissões por cada um dos produtos que saem da sua loja virtual. 

Para fazer o cadastro, basta acessar a página oficial e preencher o formulário de cadastro. 

Diferentemente de outros programas, aqui você vai passar por um processo de seleção, para ser ou não aprovado pela equipe. 

Pensando na comissão, a variação pode ser de 1% a 12%, sendo preciso observar qual seria o de cada item. 

E não é só isso, aqui você também pode subir de níveis, aumentando também a sua comissão por cada venda. 

Os níveis mais altos são alcançados através de pontos, que você vai ganhando de acordo com as vendas, feedback de clientes e divulgação. 

O que você precisa para ser um afiliado? 

Agora que você já sabe o que é um afiliado digital, surge a questão do que é preciso para trabalhar dentro desse mercado. 

Na questão mais direta, o que você vai precisar fazer é escolher um programa de afiliados e também o produto que vai divulgar. 

Ao mesmo tempo, é necessário desenvolver um campo de marketing, ou seja, o espaço onde você vai atrair, reter e fazer com que os usuários comecem a conhecer os produtos ofertados, entender sua importância para depois efetuar a comprar. 

Vale destacar ainda que existem características importantes, e mais pessoais.

Por exemplo, não basta publicar um conteúdo com links ou banners na rede social. 

É essencial que você trabalhe o processo, o que chamamos de funil de vendas, o que exige estudo e aplicação. 

Logo, você vai precisar reservar um tempo para aprender tudo sobre o assunto para depois colocar em prática e assim começar a lucrar.

Como é o processo de afiliação e início das vendas? 

Para finalizar essa primeira parte do guia de como trabalhar como afiliado, é preciso entender como é o programa de afiliados as vendas. 

Pois cada programa de afiliados possui características próprias. Como por exemplo, o afiliado Hotmart e o afiliado Eduzz, são conhecidos por terem uma afiliação rápida.

Basta fazer o cadastro e começar a navegar pelas listas de produtos. 

Já o programa de afiliado da Magazine Luiza, precisa passar por um processo seletivo, onde uma equipe avalia o seu cadastro. 

Seja como for, primeiro você vai se filiar à plataforma. Quando isso estiver “ok”, dá para se afiliar aos produtos. 

Em alguns casos, a afiliação é imediata, você solicita e já tem os links para divulgação liberados. 

Em outros, é preciso esperar a liberação por parte do produtor. 

Portanto, você envia a solicitação e aguarda a liberação. Assim que é liberada, ficam disponíveis os links com as informações, banners para você começar a realizar a divulgação dos produtos.

Neste cenário, temos a possibilidade de início das vendas. 

As primeiras vendas vão acontecer a partir dessa divulgação de links, informativos, imagens, banners e mais.

Dicas rápidas para promover produtos 

Enfim, para quem está começando a divulgar os links, pode ser mais difícil de conquistar as suas primeiras vendas. Por isso, preparamos algumas dicas rápidas para você conseguir promover os produtos escolhidos.

Inclusive, você pode trabalhar como afiliado pelo celular ou através de um computador. 

Dessa forma, pegue o seu bloquinho de notas e vamos começar!

1# Leia o regulamento da plataforma de afiliado digital

Entre as dicas para ser um afiliado digital é começar a ler os regulamentos que vão aparecer no seu caminho. 

Em destaque, geralmente está o regulamento do programa de afiliados. 

Assim, é preciso se ater ao que é ou não permitido dentro da plataforma escolhida. 

Dessa maneira, você evita não apenas uma série de erros que pode comprometer os seus lucros, mas também o cancelamento da sua afiliação ou outros problemas. 

Como a suspensão da sua conta dentro do programa de afiliados. 

Mais importante que isso, o regulamento conta com uma série de informações importantes em relação a comissão e atuação. 

Desse modo, não deixe esse documento passar “batido” e dedique algum tempinho de estudo para isso. 

2# Foque em um segmento ou produto e saiba tudo sobre ele 

Você provavelmente já ouviu por aí que é preciso se dedicar ao seu nicho, ou seja, escolher uma temática. 

Em suma, focar em apenas um segmento ou produto facilita o processo de marketing e aumenta as chances de atrair e reter a atenção do público. 

Por exemplo, suponha que o seu tema é o de beleza e, para isso, escolhe se afiliar a e-books sobre dicas de maquiagens, cuidados com a pele, cursos de automaquiagem, etc. 

Ou seja, o segmento é um, mas você pode optar por mais de um produto. Ainda que a recomendação seja começar mais devagar. 

Enfim, ao fazer essas escolhas aprenda tudo o que puder sobre o nicho: leia livros, assista lives de profissionais, confira produtos de outras plataformas, etc. 

Quanto mais você souber do assunto, melhor será para todo o seu negócio. 

3# Entenda o seu público alvo 

Ao mesmo tempo que você precisa conhecer o nicho no qual vai atuar, trabalhar como afiliado também requer o conhecimento do seu público alvo. 

Isso porque, ao conhecer esses usuários, você é capaz de se comunicar melhor e entender o que vai funcionar ou não. 

Pensando no exemplo de nicho acima, o seu público, provavelmente, serão mulheres, desde as mais jovens, de 15 anos, ou até mesmo mais adultas, com mais de 45 anos. 

Entretanto, de acordo com os produtos que escolher, é provável que você note uma segmentação mais centrada. 

De qualquer maneira, a comunicação com esse tipo de público precisa ser mais direta, como se fosse uma amiga conversando com outra. 

Além disso, com esse conhecimento, é possível aumentar a confiança, criar uma relação mais engajada e assim por diante. 

Sendo assim, recolha e aposte nessas informações.

4# Trabalhar como afiliado envolve a produção de conteúdo 

Os conteúdos são essenciais para todos os negócios online. 

Em outras palavras, é através desses conteúdos que você consegue conversar com o público, convencer e engajar. 

Mais importante que isso, os conteúdos funcionam como uma carta aberta, para que você apresente tudo o que precisa para que aqueles usuários comprem. 

Ou seja, trabalhar como afiliado é também produzir textos cada vez melhores e que possuem informações interessantes a quem possa estar lendo.

Uma dica prática é pensar: o que exatamente o seu público quer saber e o que ele precisa saber para comprar. 

Essa percepção traz uma dualidade entre conteúdos que se convertem, mas que também nutre aqueles que ainda não estão prontos para finalizar o pedido.

5# Trabalhe na divulgação do seu produto 

Por fim, chegamos à divulgação. 

Divulgar aquilo que você vende, ou quer vender, é a melhor ferramenta para que os negócios cresçam, os lucros aumentem e para que o seu espaço no mercado seja reconhecido.

Dessa forma, vale destacar ainda que existem diferentes maneiras de fazer essa divulgação, como por exemplo: 

  • Criar redes sociais; 
  • Apostar nos anúncios pagos; 
  • Fazer parcerias com pessoas e páginas online; 
  • Aumentar o engajamento dentro das suas plataformas; 
  • Criar conteúdos que vão além de vender; 
  • Ter uma página apenas focada em vendas; 
  • Utilizar diferentes meios, como imagens, vídeos e conteúdos, entre outras. 

É importante destacar ainda que algumas pesquisas mostram que o público tende a comprar com mais facilidade quando não sentem que estão sendo forçados. 

Uma maneira de entender isso é pensando no seguinte cenário. 

Você trabalha como afiliado Amazon, com enfoque em livros

Ao invés de criar redes sociais para compartilhar o produto, você vai compartilhar informação. 

Então, você pode dizer que está lendo o livro “x” ou apontar a sinopse e curiosidades sobre aquela obra. 

Ao final, você compartilha o link de compra. 

Esse é um modelo mais orgânico, para que o assunto flua de maneira mais natural.

Perguntas mais Frequentes para trabalhar como um Afiliado

Como ser um bom afiliado digital? 

Ser um bom afiliado digital é uma das dúvidas comuns para aqueles que estão começando nesse mercado. 

Afinal, ser o melhor dentro do seu segmento é uma das melhores alternativas para se tornar uma referência, vender mais e lucrar. 

Em geral, o ideal é separar algum tempo para estudar, colocar em prática e recolher as informações. 

Ou seja, primeiro, é essencial estudar o segmento e produto, para saber o máximo de informações. 

Desse modo, se os clientes chegarem com dúvidas ou medos, você vai poder ajudar. 

Em segundo lugar, você vai colocar em prática tudo o que aprender durante o seu estudo, de maneira regular. 

Portanto, não adianta colocar tudo em ação ao mesmo tempo, mas não se ater a melhorias ou mesmo fazer de “qualquer jeito”. 

Foque em qualidade ao invés de quantidade. 

Enfim, veja quais foram os resultados, o que funcionou mais ou não, segmentação de público e mais.

Quanto você ganha sendo um afiliado digital? 

As comissões como afiliado digital variam de acordo com cada programa, ou seja, os lucros também podem variar a partir da rede que você escolheu para chamar de sua. 

Entretanto, pensando de maneira mais generalista, a média de um afiliado que está a algum tempinho no mercado pode ultrapassar os R$ 8 mil ao mês. 

Para os iniciantes, nos primeiros meses, o valor pode ser bem inferior a este. 

Não é incomum que alguns digam que começaram recebendo menos de R $500 por mês. 

Já para aqueles que estão há mais tempo no mercado e fazem sucesso dentro do nicho no qual atuam, pode ganhar mais de R$ 30 ao mês. 

Mas porque estou contando tudo isso a você? 

Acontece que, ao começar um negócio online, muitas pessoas compram a ideia de “ficarem ricos em pouco tempo”. 

Isso pode acontecer? Sim. Mas não é uma regra e, geralmente, é bem diferente. 

Na maior parte das vezes, os lucros começam baixos e vão aumentando ao longo dos meses. 

Portanto, trabalhe como afiliado para crescer e não como uma fórmula mágica. 

É possível sim ganhar dinheiro, mas o processo é único, sendo essencial ter calma, perseverança e, além disso, estudar, planejar e fazer acontecer.

Dica de ouro: aposte nas ferramentas para trabalhar como afiliado 

Finalizando este guia, é essencial que você conheça e use ferramentas que podem ajudar você durante todo o caminho. 

Por exemplo, existem diversas ferramentas para pesquisar palavras-chaves, que são termos em alta e que podem aumentar o tráfego das suas páginas. 

Como o Keyword.io e Google Adwords. 

Indo um pouco além, você tem várias ferramentas interessantes para criar ações de e-mail marketing.

Sendo uma das dicas em alta, que vem crescendo novamente no mercado. 

Indo além, temos as ferramentas que ajudam você a organizar a rotina, como o Trello, Canva, que ajuda a criar artes de maneira fácil, e até as ADS, que servem para criar anúncios nas redes sociais.

Atenção: para aproveitar melhor essas ferramentas, faça um planejamento, estude sobre o assunto e avalie como isso impactou o seu trabalho como afiliado. 

Agora que você já sabe um pouco sobre como começar a trabalhar como afiliado e garantir resultados mais concretos e a longo prazo, ainda resta alguma dúvida? 

Lembre-se de trabalhar de maneira contínua, trabalhando nas ferramentas e nas criações interessantes, principalmente apostando nas redes sociais. 

Já que essas mídias estão entre os mercados mais amados do momento.

Hellen Bispo

Sou focada em resultados e sempre busco a performance em minhas ações, carrego a praticidade no meu DNA e acredito que o menos é mais cabe em todas as situações. Atuo no mercado digital há mais de 10 anos, sou formada em Publicidade e Propaganda pela Uninove, Pós-Graduada em Comunicação e Marketing pela USP e Aluno Especial de Mestrado em Comunicação Cognitiva. Especialista em Links Patrocinados pelo Google e Marketing Performance pela Universidade do Vale do Silício, Udacity.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.