Como economizar carvão na churrasqueira

Deseja aprender como economizar carvão na churrasqueira e fazer um churrasco memorável? Este é um dos principais segredos das churrascarias e depende de algumas técnicas para acender e manusear a brasa adequadamente.

Pensando nisso, apresento 5 passos para ensinar como é possível economizar sem comprometer a qualidade da carne assada. Vamos conferir?

Como economizar carvão na churrasqueira

Como economizar carvão na churrasqueira
Como economizar carvão na churrasqueira

Abaixo veremos as melhores maneiras para economizar carvão na churrasqueira de maneira fácil e eficiente. confira!

Carvão de qualidade

O primeiro aspecto a ser considerado é a escolha de um carvão de qualidade. Muitas pessoas acabam optando pelo mais barato que está em promoção, achando que estão economizando, mas isso não é bem verdade.

Quando se escolhe um carvão de qualidade inferior, a brasa não dura tanto tempo e pode não alcançar a temperatura ideal, o que faz com que seja necessário repor o carvão ou briquetes com frequência.

Além disso, o processo de acendimento é mais difícil, já que o carvão tem menos compostos químicos em sua composição. Portanto, para economizar, comece investindo um pouco mais em um carvão de melhor qualidade.

Tome cuidado no preparo do acendimento

O armazenamento adequado do carvão é crucial e afeta o processo de acendimento. Portanto, é importante mantê-lo sempre em um local seco, garantindo que os pedaços de carvão estejam livres de umidade e prontos para se transformarem em brasas.

A umidade é a maior inimiga quando se trata de economia de carvão, pois pode aumentar os custos além do próprio carvão.

Ao utilizar métodos inapropriados para acender o carvão, como o uso excessivo de líquidos inflamáveis, o churrasqueiro pode acabar gastando mais carvão do que o necessário e também outros produtos como álcool em gel ou óleo de acendimento. Dessa forma, é importante lembrar que quanto mais seco o carvão estiver, mais econômico será para grelhar as carnes.

Espalhe o carvão de forma correta

Já presenciei muitos iniciantes na arte do churrasco exagerarem na quantidade de carvão durante o acendimento e depois reclamarem que nada funciona. Nesse momento, é importante lembrar que menos é mais. Ou seja, não é necessário ter um excesso ou falta de carvão, mas sim a quantidade adequada.

Para acender a churrasqueira corretamente, é recomendado criar uma espécie de pirâmide com pedaços de carvão no centro. Uma pilha considerada adequada é aquela que possui pelo menos 3 camadas de carvão empilhadas. É claro que você deve levar em conta o tamanho da sua churrasqueira para acertar na quantidade de carvão necessária.

Ao seguir essa técnica, você automaticamente economiza carvão, pois terá um acendimento preciso e eficiente.

Siga o processo de acendimento do carvão certo

Caso você esteja acostumado a jogar álcool líquido no seu carvão, é importante saber que está aumentando desnecessariamente o custo do seu churrasco. Além de gastar com ambos os produtos, o álcool líquido possui uma concentração maior de água, o que dificulta a formação de calor no carvão.

Por outro lado, o álcool em gel 70% possui menos água em sua composição, tornando-se ideal para um acendimento rápido, duradouro e mais barato, uma vez que utiliza menos recursos.

Inclusive, uma dica importante é seguir as orientações da embalagem e, caso disponível, utilizar o acendedor que vem junto com o produto.

Não mexa o carvão

Você já presenciou um churrasqueiro mexendo constantemente no carvão durante um churrasco? Isso pode fazer com que ele queime mais rapidamente, o que resulta em uma maior necessidade de reposição de carvão, aumentando assim os custos.

Por isso, após o carvão estar bem incendiado, só mexa nele quando notar que há bastante cinza acumulada e for necessário adicionar mais carvão. Essa é uma estratégia inteligente para aproveitar ao máximo o carvão e economizar em futuros churrascos.

Conclusão

Em resumo, economizar carvão na churrasqueira é um desafio que pode ser facilmente superado seguindo alguns passos simples. Começando pela escolha de um carvão de qualidade, passando pelo armazenamento adequado e o uso correto de produtos para o acendimento, até a quantidade exata de carvão a ser utilizada e o controle adequado do braseiro.

Com essas práticas, é possível economizar carvão sem perder a qualidade no churrasco, evitando o desperdício e contribuindo para a preservação do meio ambiente. Além disso, o churrasqueiro pode aproveitar as sobras de carvão para o próximo churrasco, tornando a prática ainda mais sustentável e econômica.

Hellen

Sou focada em resultados e sempre busco a performance em minhas ações, carrego a praticidade no meu DNA e acredito que o menos é mais cabe em todas as situações. Atuo no mercado digital há mais de 10 anos, sendo que muitos deles trabalhando como freelancer. Sou formada em Publicidade e Propaganda pela Uninove, Pós-Graduada em Comunicação e Marketing pela USP. Especialista em Links Patrocinados pelo Google e Marketing Performance pela Universidade do Vale do Silício, Udacity.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo