06 Brecho para Vender suas Roupas

Já pensou em vender roupas usadas no brechó? Agora que estamos em casa, porque não aproveitar para arrumar o guarda-roupas e tirar tudo aquilo que não serve mais para fazer um dinheiro a mais no final do mês?

Com inspiração no quadro te vira linda descobri algumas opções para fazer uma renda extra aprendendo como vender roupas usadas tanto em brechós físicos como em brechós online. E claro ter uma forma de ganhar dinheiro com as vendas de coisas que não usava mais.

Vamos entender um pouco sobre como vender suas roupas usadas pela internet?

Por quê vender roupas usadas no brechó?

Por quê vender roupas usadas no brechó?
Por quê vender roupas usadas no brechó?

Segundo o Repassa Brechó, temos só no Brasil mais de R$50 bilhões em roupas e acessórios parados em nossos armários. E dinheiro parado é ou não um bom motivo para desapegar?

Por esse motivo, mantenho algumas peças no bazar do enjoei, um brechó online super descomplicado o que me dá um dinheirinho extra por mês.

Mas, o fato é que muitas vezes demora demais para sair as peças e o valor da comissão pode ser um obstáculo para a venda. Como consequência, resolvi tentar vender também através de um brechó físico.

Vantagens e desvantagens de vender roupas em brechó físico?

A principal vantagem sem sombra de dúvidas é a rapidez. Logo após a avaliação você já sabe o quanto receberá pelas peças.

Ou seja, o dinheiro está em mãos na mesma hora, e você poderá optar entre garimpar na loja ou usar o dinheiro extra para poupar.

Mas tudo tem um lado ruim, não é verdade? E a principal desvantagem é o preço pago pelas peças, que costuma ser bem baixo.

De toda forma, acho válido vender em brechós físicos. Por exemplo, não adianta nada manter a roupa parada no guarda-roupas se ela não faz mais parte do seu estilo.

Vantagens e desvantagens de vender roupas em brechó online?

A principal vantagem de vender roupas em um brechó online é a praticidade. Existem alguns brechós no mercado que basta você tirar a foto e aguardar alguns minutos e como em um passe de mágica as suas roupas já estão no ar. Prontinhas para serem vendidas.

Para quem curtir a ideia, pode ficar despreocupada porque tem para todos os gostos, inclusive para quem gosta de peças renomadas pode contar com o brechó de luxo, como por exemplo o Troc, que citamos abaixo.

Uma outra vantagem que vale a pena pensar e colocar as suas roupas à venda em um brechó que já tem uma certa relevância na internet é o fato de não precisar fazer propaganda das suas peças. Pois o próprio canal já fará esse trabalho para você.

Agora a grande desvantagem são os altos valores de comissões cobrados pelos intermediários. Que muitas vezes te obriga a colocar um preço muito maior para que você consiga um valor razoável pela peça.

Outra coisa que cabe destacar é o tempo que você deve separar para responder a todas as dúvidas que os seus possíveis clientes venham a ter. Como por exemplo, medida do busto, possui barra, manda mais fotos, etc.

E para finalizar, vou colocar aqui uma desvantagem que na minha opinião pesa um pouco, que é a ida até os correios. Pois, por vezes você pode ter duas ou três vezes aos correios para levar as suas encomendas. E não sei onde você está localizado, mas aqui em São Paulo eles praticamente vivem cheios.

05 Brechó para Vender Roupas Usadas

Agora que você já tem uma ideia sobre o que te espera ao vender suas roupas em um brechó físico ou online. Acredito que posso te passar uma lista de todos os brechós que eu já vendi minhas roupas para quem sabe te ajudar a ganhar um dinheiro extra sem gastar nenhum dinheiro.

Vendendo roupas no Daz Roupas Brechó

O Daz roupas nasceu da vontade de empreender das irmãs Julia e Gabriella. Juntas elas recebem, em média, 400 itens por dia.

O que faz total diferença ao Daz Roupas, pois sempre que você vai até o local existem peças novas para você garimpar.

A principal dica aqui é: gostou? Provou, serviu levou. Pois se você deixar para outro dia, corre o sério risco de ficar sem o look.

Como funciona?

A Daz roupas trabalha com peças de marca com estilo casual, moderno e descolado. E a maioria das peças são roupas do dia-a-dia.

Por lá, são vendidas roupas femininas, masculinas e infantis, moda praia com etiqueta de proteção higiênica, sapatos, bolsas, acessórios, perfumes e maquiagens.

Não existe um limite para venda de peças e você pode ir até o local de segunda a sexta entre as 09h às 17h. E aos sábados é necessário agendamento.

Onde? Rua Artur de Azevedo, 1122 – Pinheiros – São Paulo/SP

WhatsApp: https://bit.ly/38O1d6X

Dicas do que não levar

  • As peças precisam ser de marcas conhecidas, de coleções atuais, da estação atual, higienizadas e sem avarias;
  • Salto muito alto e muito fino não possuem saída na loja, assim como sapatos sociais masculinos;
  • Peças muito curtas ou muito justas, não fazem o perfil do que avaliamos por enquanto.

Formas de Pagamento

As formas de pagamento pode variar em três opções:

  • 30% em dinheiro: o pagamento poderá ser efetuado em dinheiro, cheque ou depósito.
  • 40% em consignação: essa modalidade é para as peças que iremos vender na loja a partir de R$400,00 cada. Geralmente utilizado para peças de grife. O valor será pago quando a peça for vendida e você poderá acompanhar através da área do cliente, em nosso site.
  • 50% Crédito na loja: Essa é nossa moeda virtual e você pode utilizar para comprar dentro da nossa loja. Isso significa que você poderá usar este crédito na hora e/ou quando quiser, sem prazo de validade.

Minha Experiência

Para falar a verdade eu fui com a intenção de vender as peças para abrir mais espaço no meu armário. E me surpreendeu bastante a minha experiência no Daz roupas.

Foram selecionadas 17 peças, o que rendeu o total de R$286,00. No entanto, apesar do baixo valor, os preços estão compatíveis com os preços de venda do brechó.

As peças são bem selecionadas e lindas. E como consequência, não teve como sair de lá de mãos abanando.

A dica para não exagerar é saber exatamente o que está faltando no seu guarda-roupas para ir direto em peças que fazem sentido para você.

Vendendo roupas no Enjoei Brechó Online

Tudo começou com o sonho do casal Ana Luiza McLaren e Tiê Lima que com o objetivo de ter um negócio próprio criaram um blog em 2009, o Enjoei. Esse blog permitia que pessoas comprassem e vendessem seus enjoos.

E a ideia deu tão certo que acredito que o Enjoei é um dos brechós mais conhecidos no mundo da internet. E hoje é uma empresa de capital aberto avaliada em aproximadamente 2 bilhões. É mole ou quer mais?

Como funciona o enjoei para vender?

O Enjoei vende praticamente tudo hoje em dia. E é super simples de começar a vender na plataforma. Basta você acessar a plataforma, realizar o seu cadastro e já pode ir incluindo os produtos que deseja vender.

É muito rápido a curadoria do aplicativo. Portanto, é só caprichar no anúncio e na foto. Depois é só torcer para o seu enjoo encontre uma nova casa.

Formas de pagamento enjoei

Os pagamentos são liberados apenas depois de entregues os produtos. Você terá duas opções de entrega de produtos: a primeira e mais comum é de efetuada através dos correios, ou você pode optar por fazer as entregas pessoalmente, esta segunda opção é muito usual para produtos mais pesados como móveis ou produtos que apresentam fragilidade.

Se você escolher a primeira opção, fique tranquilo. Assim que você entregar nos correios o enjoei já sabe que o seu pedido foi enviado. E se o seu cliente não devolver o produto dentro de até cinco dias o seu dinheiro pode estar na sua conta do enjoei.

Agora se você escolher a segunda opção. Lembre que pedir a confirmação de recebimento de seu cliente no ato da entrega. Pois caso contrário, a plataforma não libera o dinheiro referente a peça entregue.

Não se esquece que deste valor será subtraído as taxas do enjoei, que são: 18,5% para produtos até R$ 100 e 20% para produtos a partir de R$ 101 e terá mais uma taxa Fixa que varia de acordo com o valor do produto.

O enjoei também trabalha com uma série de ofertas, afim de atrair mais público para o seu site. E você optar por participar de alguma delas, também será descontado deste valor a ser recebido.

Enfim, depois dos descontos o seu dinheiro vai para a sua conta do enjoei e você pode tanto pedir a transferência direto para sua conta. Ou trocar por vouchers dos parceiros Farm e C & A que hoje se você escolher esta opção pode ter um bônus de até 25% no valor.

Minha Experiência

Eu estou vendendo pelo Enjoei desde 2003 e já acumulo um pouco mais de 3k vendidos através da plataforma. Não é muito, mas é uma boa oportunidade para quem quer desapegar das suas peças.

E o melhor de tudo é que você pode fazer a sua seleção com calma e ir incluindo aos poucos na plataforma no seu tempo.

De uns tempos para cá acredito que com as comissões e as taxas os produtos ficaram muito mais caros para quem compra e muito pouco lucrativo para quem vende.

Mas mesmo assim ainda é uma das plataformas que vale a pena investir, porque ela ainda continua simples e claro o principal ela vende.

Vendendo roupas no Repassa Brechó Online

O Repassa brechó não é apenas um brechó, mas é um organização que vem com um propósito de mudar o mundo através das roupas que não são mais usadas. Seu objetivo maior é dar mais ciclos de vida a todas as roupas e dessa forma diminuir o impacto causado pelas grandes indústrias da moda.

Tem muita coisa bacana por lá, inclusive é também uma boa opção para as mamães que procuram um brechó infantil tanto para comprar como para vender as roupinhas dos seus pequenos.

Como funciona?

Para vender no brechó Repassa é um pouco diferente dos demais brechós. O primeiro passo é realizar o seu cadastro como é de costume em qualquer site.

Após realizar o seu cadastro no site do Repassa. É necessário que você envie suas peças a eles, que é chamada pela empresa como Sacola do Bem.

Você pode pedir sua Sacola do Bem pelo site que atualmente custa R$24,99 ou então retirar em algum parceiro a sua sacola que suporta 60 litros, em média, e cabem 35 produtos adultos.

Assim que o pessoal do Repassa receber os seus produtos será feito uma triagem, eles fazem todo o processo de fotografia e cadastro para você. E assim que os seus produtos forem vendidos você receberá o valor de 60% do valor faturado.

Vendendo roupas no Troc Brechó de Luxo

O brechó Troc foi fundado pela empresária Luanna Toniolo, uma empresária e advogada de Curitiba. E atualmente conta como principal acionista nada mais, nada menos do que a Arezzo.

É uma plataforma bem completa e possui diversas opções em roupas, bolsas, sapatos e acessórios, além de uma categoria inteira em moda infantil.

O Brechó Troc é um dos maiores, pois conta com mais de 40 mil peças em estoque, além de receber 7 mil peças por mês.

Como funciona?

Para começar a vender as suas roupas usadas no Troc o processo é bem similar ao processo do Repassa.

Primeiramente você deve preencher um questionário falando um pouco sobre você. Em seguida, já pode separar no mínimo 15 peças em bom estado, separe um tempo para dar uma olhada na lista de marcas aceitas pela Troc.

As peças devem ser enviadas à Troc todas elas devidamente lacradas e elas serão avaliadas pelos especialistas. E dentro de até 15 dias úteis você receberá a resposta pelo time da Troc juntamente eles vão te enviar os preços de cada peça para aprovação.

As comissões variam de 30% até 70% do valor vendido e isso tudo dependendo do valor de cada peça. O valor será repassado na sua conta indicada.

Vendendo roupas no Brechó do Futebol Brechó

Se eu disser para você que existe um brechó onde você consegue comprar camisetas de futebol, você acredita? Pois bem, se me dissessem eu não acreditaria, mas achei fantástico ao pesquisar sobre o assunto encontrar o Brechó do Futebol.

O Brechó foi iniciado em 2002, comprando e vendendo camisas de futebol. Hoje conta com uma coleção enorme de mais de 5 mil itens.

O local passou a oferecer desde 2010, também chopes artesanais e cervejas locais, além de deliciosas pizzas tradicionais. E agora também possui um delicioso brunch servido todos os sábados. Porém, todas essas delícias são ofertadas apenas em Porto Alegre.

Como funciona?

Para vender sua camisa de futebol é super simples basta enviar um foto a eles e começar a negociação. Aproveite também para ver as peças que o Brechó do Futebol possuem para ver se alguma de agrada.

Vendendo roupas no Gato Preto Brechó

O Brechó Gato Preto é uma boa opção para quem quer comprar ou até mesmo trocar suas peças. E particularmente acho bem prático.

Primeiramente você precisa mandar as imagens de todas as peças que você deseja trocar e vender. Pode ser tanto via direct do instagram (@brechogatopreto) ou por e-mail mesmo (contato@brechogatopreto.com).

Cabe lembrar que eles não avaliam as peças na loja física sem agendamento. De toda forma é necessário entrar em contato com eles antes para verificar a possibilidade.

Se você possuir poucas peças, a negociação acontece de forma online mesmo. Agora no caso de serem muitas peças, você pode enviar seus melhores enjoos e na sequência eles te darão o retorno para agendar um horário para ir até a loja.

Você pode escolher a sua forma de pagamento que pode ser em dinheiro, tendo a possibilidade de ser via transferência bancário ou em espécie. Crédito na loja com validade de até seis meses. Ou dividir o pagamento em metade crédito na loja e outra metade em dinheiro ou transferência bancária.

Meu Brechó Favorito Capricho a Toa Brechó (Bônus)

O Brechó Capricho à Toa pelo que eu sei no momento não está comprando peças, mas na minha opinião é o shopping dos brechós.

Por essa razão eu acredito que cabe incluir neste post, pois tem roupas e acessórios para todos os gostos e bolsos. São três andares de pura alegria para quem gosta de garimpar. São mais de 30 mil peças à sua disposição e segundo o site, são aproximadamente 2 mil peças de reposição diariamente. Inclusive, possui até alguns poucos produtos na loja online do Brechó Capricho a Toa.

O brechó foi fundado por Denise Pini e existe desde 1991. E para quem quiser conhecer fica do lado do metrô Vila Madalena. O Capricho a Toa é um dos pioneiros neste segmento e tem um preço muito bom é sempre minha primeira opção quando quero comprar alguma peça boa e com preço justo, além de ter muitos vestiários no local e até um cafezinho para depois que você já tiver realizado suas compras.

Uma última dica para quem quiser visitar o espaço é ir com uma bolsa pequena, ou se possível ir apenas com os documentos e cartões. Pois apesar de ter um guarda-volumes, fica mais fácil ir direto apenas com o básico para evitar filas.

Conclusão

Em resumo,vender roupas usadas e acessórios é mais uma alternativa para ganhar dinheiro extra. E existem diversas opções de site para vender roupas usadas.

Até mesmo brechós com nichos específicos como é o caso do Brechó do Futebol.

O Brechó agora é muito mais do que um simples local onde se vende roupa velha ou apenas uma opção para quem quer comprar roupas de marca.

Envolve conscientização, mudança de pensamento e novas formas de se relacionar com o mundo.

Você já separou suas peças do seu armário para vender roupas usadas para brechó? Senão, corre lá e aproveita para ganhar um extra ou para trocar por peças que desta vez serão usadas.

Conta para aqui embaixo, vocês querem que eu mostre os meus garimpos no brechó Daz roupas?

Deixe um comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.